Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Cozinha’ Category

Captura de Tela 2015-03-24 às 21.21.30

A gente vê muito por aí filhas aproveitando receitas de suas mães, avós e outros parentes próximos ou longínquos. Receitas de família, que se tornam tradicionais e se eternizam nas mesas de muitos almoços, jantares e cafés com bolos.

Aqui em casa isso também acontece: minha mãe é e minhas avós foram, cozinheiras formidáveis. Do doce ao salgado, só delícias, cada uma com suas especialidades. Mas também pode acontecer o contrário: aprender com a geração que vem depois da gente, os filhos.

bolos

Eu, então, sou bem sortuda, aprendo com antecedentes e a descendente: Marina, minha filha, tem um canal no YouTube, o Confissões de uma Doceira Amadora, onde aparecem, duas vezes por semana, receitas de doces divinos. Os vídeos são muito simpáticos, envolvem comida boa, doces modernos e tradicionais, além de amigos e parentes fazendo graça (inclusive eu). Recomendo.

Aqui um video que explica a nossa Nega Maluca.

Como diz Marina: “Vai lá, dá um like e assina o canal”!

Você também vai gostar de…

Captura de Tela 2012-03-12 às 22.48.34

Profiteroli e outros doces italianos

Captura de Tela 2011-10-25 às 22.37.42

Dou conta?

DSCN1164.JPG

Gelado de nozes e vídeo

Read Full Post »

Só fotos, pois não há como descrever a alegria de colher tigelas cheias dessa fruta perfumada todas as manhãs, no jardim de casa, para o café de todos os dias. Não tem como explicar o sabor, a textura, as pequenas sementes estourando na boca. Nem o cheiro do figo secando e caindo das árvores por toda a ilha.

Mas é possível compartilhar imagens, ainda bem.

DSC02577

DSC02571

DSC02573

DSC02575

DSC02614

O figo apareceu em pizzas, salada, geleias… E em um doce gelado de figo.  Desse, coloco a receita aqui, buscado lá no Panelinha (inclusive a foto, pois esqueci de fotografar o meu).

Captura de Tela 2013-08-29 às 19.30.51

Receita do Bolo Gelado de Figo com Creme Inglês (Panelinha – Rita Lobo) está aqui.

E também tem dicas sobre uma pizza com figos feita pelo meu cunhado Fabrizio no blog de Marina, minha filha doceira e viajante.  Aliás, o Confissões de uma Doceira Amadora voltou ao ar!  Vai lá, é lindo.

Captura de Tela 2013-08-29 às 20.08.47

Você também vai gostar de…

DSC01093aMinha gastronomia grega

DSCN2663Ninhos

DSC02346Comidas peruanas

Read Full Post »

DSC02983

Os figos na Grécia são tão espetaculares e deliciosos que merecem um post exclusivo. Ou quase,  já que seu posto de sabor grego número 1 no meu coração é disputado de perto por um doce que tem um nome estranho e é simplesmente uma maravilha: a patzavourópita. Que eu aprendi a fazer!!

Comecemos com uma pequena aula de grego: patza quer dizer pano; voúro significa chão e pita, torta ou pão. Ou seja, Patzavourópita quer dizer Torta de pano de chão. Apetitoso, não?

Aprendemos a fazer essa delícia, Marina e eu, em uma confeitaria chamada Sweet Leros, na praia de Pandeli. O lugar é lindo e a vista que se tem de lá, mais ainda.

DSC03295

DSC02971

Captura de Tela 2013-08-14 às 06.28.21

O doce é típico da região do Dodecaneso e leva os seguintes ingredientes:

DSC02972

Seu nome vem do processo de colocar as folhas de pasta filo imersas na massa bem líquida, como se estivéssemos molhando um pano. Os “panos” são colocados desajeitadamente na forma e depois, forno.

PicMonkey Collage

DSC02996

Saem essas maravilhas que ainda são regadas com um xarope feito com açúcar, água e casca de laranja.

DSC03005

DSC03008

Fica assim, irresistível.

pazza

De brinde, ainda aprendemos a fazer Loukumádes, um doce que parece o nosso sonho, mas, como direi… Melhor!!

Captura de Tela 2013-08-14 às 06.30.54

A aula é dada por um casal muito simpático, Gewrgia e Loukas, e em inglês, se parakaló.

DSC02979

Mesmo que você não entenda nada de grego, visite a página do Sweet Leros, veja as fotos e fique ainda com mais vontade de conhecer esse lugar e esses sabores:  Sweet Leros –Sweet Leros ~ Γλυκειά Λέρος

E os figos? Ficam para o próximo post!

Você também se deliciar com…

saladArroz à grega??

DSCN0161Bolo de amêndoas

DSC_2113Pratos lindos

Read Full Post »

Natal virou consumo, gastos obrigatórios, orçamentos apertados. E uma mesmice na hora de presentear: uma roupinha, um creme ou perfume, o livro da moda. Que tal inovar? Criar presentes? Aqui já falamos de tudo. De alguma ideia você há de gostar, algum talento você há de ter.

Mesmo que não seja exímio(a) cozinheiro(a), prepare Mango Chutney. É muito fácil, basta seguir a receita, ter todos os ingredientes, jogar tudo numa panela e depois de uma hora você tem vários potinhos lindos para dar de presente. Mango Chutney acompanha carnes ou batatas assadas, um creme agridoce cheio de especiarias.

Que tal bolachinhas de gengibre? Essas exigem um pouco mais de habilidade culinária, mas é lindo ver aquelas fornadas cheirosas saindo cheias de biscoitos dourados. Encha um pote, uma cestinha, envolva em celofane e pronto.

Presenteie suas receitas preferidas. Fiz isso no ano passado. Comprei um caderninho lindo e nele escrevi muitas das minhas receitas de doces e comidas do cotidiano. Dei de presente para minha irmã que estava indo morar no Peru (devidamente fotocopiado para o resto da família).

Personalize. Sem os gastos e empenho de tempo do scrapbooking, simplesmente reúna fotos do presenteado e faça um álbum. Complemente com comentários e passe a mensagem que quer: de amor, de amizade, de saudade.

Sabe desenhar? Para uma criança pequena, faça um contador de histórias. Se desenho não for a sua praia, faça assim mesmo, com fotos, recortes de revista, ilustrações que você procura na internet. E veja como usar aqui.

SONY DSC

Escreva. Faça um verso, descreva um sentimento, enalteça qualidades. Escritos ficam. Quer surpreender ainda mais? Ponha num envelope e mande pelo correio.

Se tudo parecer estar perdido, pinte pedras. Fáceis de encontrar e de realizar.

   Daqui

Daqui

Por fim, olhe em volta. E doe. Um livro, um brinquedo, uma roupa, um abraço, seu tempo. Alguém está precisando desse seu presente, tenho certeza.

Uma última ideia, não feita por você, mas que pode ajudar o Hospital Pequeno Príncipe: a Agenda 12×12, de Ana Camargo Design, onde doze mulheres compartilham suas experiências, vivências e valores. Cada mês propõe um novo jeito de escrever com linhas diferentes e traz um ícone do gênero feminino da história brasileira para nos inspirar.

02-2

Você também pode gostar de….

Natal feito em casa

Natal lembra vermelho

Você tá feliz?

Read Full Post »

Recebi essa receita por email da Terezita, que deve ter resolvido complementar as que eu tinha publicado nesse post. Uma cara ótima, que combina com o frio do sul do Brasil. E usando nosso querido pinhão.

Sopa cremosa de Pinhão

1 xícara de pinhão cozido e amassado
1 xícara de pinhão cozido e cortado em cubos pequenos
4 colheres de sopa de amido de milho
1 lata de creme de leite sem soro
3 colheres de sopa de azeite
2 tabletes de caldo de galinha
2 litros de água fervente
2 dentes de alho
1 cebola ralada
500 ml de leite
Modo de preparar:
Aqueça o azeite em uma panela e frite o alho e a cebola. Adicione o pinhão à água fervente e o caldo de galinha e leve ao fogo para ferver por 10 minutos. À parte, dissolva o amido de milho no leite, junte o caldo de galinha, mexendo sempre até engrossar e bata no liquidificador. Feito isso, junte o creme de leite e retorne ao fogo, sem parar de mexer até ferver. Por último, adicione o pinhão cozido e sirva em seguida, polvilhando o queijo ralado por cima.

Você também vai gostar de…
 

Read Full Post »

Magda faz travessas refratárias lindas, isso você já viu aqui. Depois da estreia, muitas coisas foram acontecendo. O nome mudou, a marca se atualizou e parcerias que envolvem sustentabilidade e gastronomia se estabeleceram.

Ekozinha, esse é o nome. E aula-jantar é a última invenção: Cozinha Prática com Requinte. Participei de uma e comunico que logo vai ter outra. O chef Humberto ensina a fazer comidas deliciosas nos belos refratários, harmonizados com vinhos com as devidas explicações. No meio disso tudo, a gente vai comendo coisas deliciosas que vão saindo do forno.

Lasanha verde de pesto e bechamel.

Bolo individual de cenoura com chocolate belga.

Como sou uma usuária fiel das travessas da Ekozinha, aproveito para pagar uma dívida, mostrando a versão real do salmão que tinha apenas desenhado nesse post. Com vocês, obra e modelo, juntos.

Você vai ver mais cerâmica em…

Cores e cerâmicas de Raquel

Quintal e cerâmica

A poesia de Emília

Read Full Post »

Enquanto estava escrevendo o post do Dia das Mães, pensei em colocar uma receita que combinasse com o almoço comemorativo e que estivesse entre meus pratos possíveis. Mas acontece que eu não ia cozinhar e não tinha como fotografar a delícia. Resolvi desenhar, o que deu mais ou menos o mesmo trabalho que teria tido se tivesse ido pescar o salmão no Chile e voltado para assar…

Para quem não sabe, estou tendo aulas sobre várias técnicas de desenho no Solar do Rosário, aqui em Curitiba, com a professora Mari Inês Piekas e resolvi exercitar tudo que tinha por perto. Ficou tudo mais ou menos, o salmão não tem o volume que eu pretendia, o lápis pastel fez uma lambança, contornos continuam sendo um problema. Mas deu para ilustrar a receita que eu pretendia colocar aqui. Bom proveito.

A foto do salmão real está nesse post.

Salmão ao forno com maçã, pêra e cebola.

Tempere um file alto de salmão com limão, sal e pimenta preta moída na hora. Coloque numa travessa refratária (no meu caso, um prato da Magda) e, ao redor do filé, disponha  pêras e maçãs descascadas e sem sementes, cada uma cortada em 8 pedaços. Coloque também pedaços grandes de cebola. Regue tudo com azeite de oliva extra-virgem e leve ao forno por 30-40 minutos. Sirva com a batata assada com alecrim. E, para acompanhar, um pouco de mango chutney feito em casa. E salada de folhas com molho de vinagre balsâmico. Sucesso garantido.

Você também pode gostar de…

DSC03660

Desenhar

DSC_0643

Um quadro negro

IMG_4288

Bancos e mais bancos de madeira



Read Full Post »

Older Posts »