Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Alta temperatura’ Category

DSC04707

Um novo prato da Raquel chegou na minha casa. Encomendado para enfeitar a casa da praia, ficou tão lindo que não consegui ficar longe dele e vê-lo apenas nos poucos dias de férias de verão.

Não foi para praia nenhuma. E estreou com um bolo que fiz com a Marina para o vídeo de Dia das Mães da Tastemade Brasil.

O bolo ficou uma delícia: fiz com minha filha uma receita da minha mãe. E assim comemoramos maternidades.

DSC04709

DSC04704

Aqui, o vídeo com o jeito de fazer, nós três e os micos.

Bolo de chocolate com chantilly e suspiro

Ingredientes

1 xícara (200 gr) manteiga
1 1/2 xícaras açúcar
4 gemas
1 1/2 xícaras farinha de trigo
5 colheres de chocolate em pó
1 pitada de sal
2 colheres de chá de fermento
4 claras em neve
Recheio:
Geleia de morango (ou outro sabor de sua preferência)
2 colheres de sopa de conhaque
250 gr creme de mesa (nata)
3 colheres de sopa de açúcar
gotas de suco de limão
pitada de açúcar de baunilha
Modo de fazer: bata bem a manteiga, adicione o açúcar e bata mais. Adicione as gemas uma a uma, continuando a bater. Misture os secos (farinha, sal e fermento) com a batedeira em velocidade baixa. Asse em forma de 20 cm de diâmetro, em forno médio por uns 30 minutos ou até que o palito saia limpo.

Deixe amornar e corte o bolo desenformado no meio, fazendo duas partes. Passe uma mistura de geléia de morango (ou de outro sabor de sua preferência) com um pouco de conhaque (também opcional) em ambas as partes do bolo. Bata um chantilly (creme de mesa, gotas de limão, açúcar de baunilha e açúcar) e misture com suspiros quebrados. Recheie o bolo com esse creme. Cubra com a segunda parte do bolo e polvilhe açúcar de confeiteiro por cima.

*Nessa hora você pode aproveitar e enfeitar o bolo, como fiz com a flor. Podem ser corações, uma letra, qualquer coisa. Inventei nessa crostata que fiz um dia desses e cuja receita você encontra aqui.

IMG_6860

E a Raquel, que também fez o prato acima, você encontra aqui.

Você também vai gostar de…

Colagem do PicniMuito vermelho

DSCN0589Prato e bolo de amêndoas 

DSC02480Bolo bom em prato da Lia

Anúncios

Read Full Post »

O quanto eu gosto que me enrosco em objetos com história já deve ter ficado bem evidente por aqui. Aprecio as coisas que já fizeram parte da vida de alguém. Nesse gosto se misturam meu empenho pelo consumo consciente (aquelas coisas continuam sendo úteis, seu uso evitou a compra de um novo), pela preservação de nossas memórias (olhar para um objeto e lembrar de alguém é um jeito de continuar presente) e pelo belo (coisas que duram nas trajetórias de tantas vidas são belas, de algum jeito).

DSC_0327c

Em nome disso, depois que conheci os pratos rendados da Rosana, fiquei de olho em umas toalhinhas de renda que encontrei na casa em Leros, que, segundo minha sogra, foram bordadas por sua mãe e tias, lá nos idos dos anos 1930. Um tesouro que quis eternizar em um prato.

DSC_0346 DSC_0335

Não é lindo? Rosana, que a essa altura já virou uma expert em toalhas bordadas, me explicou que essa renda se chama Renascença, feita com base em fitas que criam um desenho e são unidas por bordados bem elaborados. Se quiser saber mais, veja esse artigo da Casa Abril.

DSC_0350

Os pratos ficaram lindos e foi difícil escolher apenas um. Em breve, volto para buscar outro!

Contato: rosanaerci@gmail.com Atelier Espaço 8 – R. Cons. Laurindo 80A/lj 05 Curitiba/PR (41)9656-2864

DSC_0326b DSC04098a DSC04094 DSC04095  

Você também vai gostar de…

DSCN0380Prato e amêndoas

Captura de Tela 2012-11-17 às 11.26.51Registros

Captura de Tela 2011-12-31 às 18.39.27Ciranda da boa lembrança

Read Full Post »

DSC_0210

Marina comprou um livro lindo, o Quando Katie Cozinha. Ele traz as receitas e fotos sensacionais do blog What Katie Ate, um sucesso entre os cozinheiros e gourmets, da irlandesa Katie Quinn Davies. Ganhou uma edição brasileira pelo selo Panelinha, da Companhia das Letras.

1934_G

O livro estava ali e eu precisando de uma ideia relâmpago para uma sobremesa para o almoço, que ia acontecer dali a uma hora, mais ou menos. Juntando o que eu tinha em casa (no caso, três pêssegos piscando pra mim da fruteira) aproveitei a receita que está aí abaixo. Mas como é quase impossível que alguém que queira fazer uma receita de modo urgente tenha todos os ingredientes à disposição, acabei tendo que improvisar. A receita original está na foto, e se você quiser saber como é, me escreve que eu mando. O que vai conhecer aqui é a minha adaptação, porque acabou ficando uma delícia.

DSC_0224

Pêssegos assados com mel (*inspirados no Quando Kate Cozinha)

Pêssegos maduros cortados ao meio sem caroço
1 colher de sopa de mel
Amêndoas laminadas
1 colher de sopa de açúcar
1/2 colher de chá de manteiga

DSC04054

DSC04055

DSC_0206

Enquanto os pêssegos assam numa assadeira no forno, por uns 20-30 minutos, caramele as amêndoas com o açúcar e a manteiga em fogo baixo em uma frigideira (ah, eu também achei uns pistaches sem casca, que coloquei junto na hora de caramelar). Mexa sempre até o açúcar dourar e tire do fogo para esfriar. Ponha na janela, fica bem charmoso. Quando esfriar, quebre esse caramelo da forma que achar mais conveniente (eu coloquei entre duas folhas de papel manteiga e bati com uma colher de pau).
Quando os pêssegos estiverem assados, retire do forno e jogue a farofa de amêndoas e pistache por cima. E sirva com uma colher de sorvete de creme ou do creme que também inventei na hora, porque queria algo mais ácido:  bati creme de mesa com um pouco de açúcar, algumas gotas de limão e uma colher de iogurte natural. Ficou leve e fresco.

*pêssegos assados numa travessa cerâmica da Ekozinha: www.ekozinha.com.br

Adaptado e aprovado. Para ver como faço as nozes, amêndoas ou qualquer coisa caramelada, visite esse post: Gelado de Nozes.

Você também vai gostar de…

DSCN1727Torta de maçã

DSCN0836Crumble de ameixas vermelhas

DSCN3737Um banquinho e um croquis

Read Full Post »

DSC_0181

Como falei em várias oportunidades, eu compro de quem faz. E mostro aqui no blog uma porção de gente que faz muito bem. Coerente, escolhi presentear com coisas artesanais e assim meu Natal foi recheado de coisas que gente muito arteira e criativa fez. 

Tigelas e xícaras da Raquel.

DSC_0183

DSC_0176

DSC_0170

Colares da Ocléris.

DSC_0197

Prato com a minha família, da Emíla Wanda.

DSC_0187E veio lá da Artemista o presente artesanal que eu ganhei no Natal 2013. Adorei.

DSC_0203

Você também vai gostar de…

DSCN1691A poesia de Emília Wanda   

DSCN0717

Abanque-se

DSC_0103

Eu vejo flores no museu

 

Read Full Post »

Captura de Tela 2013-02-22 às 22.38.41

Ela tira o dia para descansar. Nenhum compromisso, celular e internet desligados.

Deita na rede, fecha os olhos e balança no ritmo das ondas do mar ali em frente. Entreabre os olhos, espia… e essa calçada imunda?

Ato contínuo, mangueira, rodo e detergente na mão, escova até ver o piso tinindo. Ufa, hora de voltar para a rede na varanda. Vamos relaxar. Pense em nada, no vazio, no universo… Que aflição, levanta novamente, vai até a geladeira, analisa o cenário e decide que tem ovo demais, vai fazer spätzle e um bolo. Uma hora depois, sai da cozinha enfarinhada e determinada a aproveitar o resto do dia… lendo, quem sabe.

O livro logo perde a batalha e fica ali, jogado na rede frouxa, enquanto ela aprecia um hibisco fúcsia e resplandecente pedindo para ser desenhado, do papel vai virar pintura de um banco, a casa está precisando. Olha pela janela, a praia chama para uma caminhada, ponta a ponta 3 vezes. O sol se pondo, ela volta para casa. Exausta? Não, feliz, por fazer o que quer e o que gosta. Descansar é que cansa, com certeza.

11-Jo?

Esse post está ilustrado por um desenho que me representa, feito para a linha de cerâmicas da Ekozinha.  Magda, criadora das peças, selecionou amigas que simbolizam as tantas mulheres que cuidam da casa, da família, trabalham e às vezes até… cozinham!  Adorei fazer parte disso e fiquei encantada com a ilustração, principalmente porque o desenhista foi super gentil com minha forma física. Meu espelho não é tão generoso comigo…

Captura de Tela 2013-02-23 às 18.07.58

A ilustração é de Francis de Cristo.

E agora, a receita do bolo feito na praia. Escolhi um com amêndoas e bananas, diretamente do Trem Bom, com um pulo lá você vê como fiz essa delícia: Bolo da banana com amêndoas.

DSCN3339

DSCN3345

DSCN3346

Você também pode gostar de…

Captura de Tela 2011-09-01 às 07.18.22Apetites

Captura de Tela 2012-10-15 às 10.31.06Espelhos

Captura de Tela 2013-02-23 às 22.53.50Fazer o que gosta – todos os dias

Read Full Post »

Tem um texto passeando pela internet que diz, resumindo, que nesse Natal a gente compre os presentes de pequenas empresas e autônomos. Da vizinha que vende por catálogo, de artesãos que fazem boa arte, da amiga que tem uma loja no bairro, do confeiteiro que faz doces artesanais, do rapaz que tem uma banca no mercado… Façamos o dinheiro chegar às pessoas comuns e não às grandes multinacionais.

Seguindo esse raciocínio, resolvi dar algumas ideias sobre coisas que Curitiba oferece no que se refere a artesanato. Ainda dá tempo de conhecer e encomendar algo bonito e personalizado para um presente diferente nesse Natal.

Lenços artesanais, de seda, lindos. As cores… veja aqui. Da Liane Mestrinho.

Colares e cerâmicas da Ocléris. Sucesso na certa. Conheça seu quintal e sua arte aqui.

Emerson está cheio de bons presentes: cadernos, caixas, tudo feito com papel. Conheça a cartonagem do Emerson aqui.

Por ser totalmente apaixonada por caleidoscópios. teimo em pensar que todos adorariam ganhar um. Heidi faz caleidoscópios lindos. Sugestão aqui.

Um desejo de boa sorte, tem presente melhor? Caixinhas com bulbos de trevos de 4 folhas. Veja aqui.

Magda faz peças de cerâmica decorativas e funcionais. Direto para o forno, com beleza. Veja aqui.

Minha filha Marina deixou de ser amadora e virou doceira. Panettones, brownies, bons presentes de Natal. Aqui.

Você também vai gostar de…

Profiteroles

Ter tanto

Ekozinha

Read Full Post »

 Cicida me encantou com contas para lá de coloridas.

Cicida

Raquel mudou o atelier mas a cerâmica continua a mesma.

Raquel

Os feltros delicadinhos da Claudia.

Feltros.

A inauguração da M.Ludeke, da Magda, também foi linda.

Alta temperatura

A loja Sensorial Bazzar. Um lugar que gosto.

Sensorial

As visitas vão continuar. Se você tem alguma ideia de artesão, artista ou espaço de artes que vale a pena mostrar aqui, me avise!

Você também pode gostar de…

Vida nova ao livro velho

Nova Iorque – Resumo da ópera

Read Full Post »

Older Posts »