Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Vermelho’


Ou vermelho lembra Natal? O certo é que nossa decoração natalina é verde e vermelha, herança dos países que estão vivendo o inverno nessa época e onde o Natal combina bem com as roupas quentíssimas do Papai Noel, com os flocos de neve que enfeitam pinheiros, com as meias penduradas em lareiras, e tudo faz mais sentido.

Nós, dos trópicos, deveríamos valorizar um Natal verde e azul, mas fazer o quê?

Por aqui, a cor vermelha aparece muito nas coisas que fazemos e essa é uma boa hora para uma revisão.

As peças de cerâmica que aparecem aqui são da Raquel.
E por falar em vermelho, nada melhor que uma receita com ameixas… vermelhas. A receita é do Simplesmente Delícia e fiz em prato de cerâmica da Magda, da Ekozinha. Apesar de não pedir na receita, adicionei açúcar mascavo nas ameixas por minha conta. Ficou azedinho, do jeito que eu gosto. Já marido e filho fizeram um pouco de caretas…

Crumble de Ameixas Vermelhas

Ingredientes
1 quilo de ameixas (pesadas com caroço)
¼ copo de amêndoas inteiras*
¾ copo de farinha de trigo
100 gramas de manteiga sem sal, temperatura ambiente
½ copo de açúcar
1pítada de sal
¼ de copo de amêndoas fatiadas (opcional)
* comprei farinha de amêndoas no Mercado Municipal

Modo de preparo

1. Unte um pirex pequeno (26 cm x 18 cm) com manteiga e reserve. Pre-aqueça o forno a 180°C. Lave as ameixas e corte as para retirar os caroços. Descarte os caroços e ponha todas as ameixas partidas no pirex espalhando-as.
2. Processe as amêndoas inteiras até formar uma farinha grossa. Cuidado para não processar demais pois a farinha começa a ficar oleosa. Ponha a farinha de amêndoas numa vasilha com a farinha de trigo, a manteiga, o açúcar e o sal. Amasse com um garfo até não haver mais traças de manteiga mas não deixa formar uma massa compacta. Queremos um farelo grosso.
3. Espalhe a farinha de amêndoas por cima das ameixas sem apertar. Termine com as amêndoas fatiadas. Se você não tiver amêndoas fatiadas pode picar amêndoas inteiras e jogar por cima. Leve ao forno por 45-50 minutos ou até ficar dourado. Se começar a queimar , cubra com papel alumínio e prossiga até a farinha estar dourada. Sirva morno. Com uma bola de sorvete…

Você também pode gostar de…

Prato e amêndoas – 3

DSC_0150a

Centro de madeira rústico

Captura de Tela 2012-12-29 às 19.42.08

Natal e bye!

Anúncios

Read Full Post »

Amigas que se conhecem há muito tempo inevitavelmente sabem coisas umas das outras, sem que precisem ser ditas, apenas pela convivência. Está certo que essa minha coisa até quem não me conhece percebe logo que entra em minha casa: há uma tendência semi-obsessiva por combinações de cores. Assim nascem os conceitos sala azul x sala vermelha. Leia-se: na vermelha, tudo que tende para as cores quentes, aí admitindo tons de alaranjado; na azul, uma preferência evidente pelos tons que vão do azul esverdeado ao piscina, com alguma concessão para os tons de roxo, lilás, rosa forte…

Deu para perceber a neura? Dá para imaginar o quanto se divertem me ameaçando trazer presentes amarelos, que não combinam com nenhum dos dois espaços?

Enfim, vamos ver como isso funciona.

Cantos da sala vermelha

Cachepô da Raquel. Caixa da Jô. Miniaturas da Emília Wanda.

Cadeiras da avó. Revestidas de vermelho.

Essa caixa esconde um ateliê…

Tons de alaranjado são permitidos.

Contemplação.

Agora, vamos ver as coisas que fazemos que são… vermelhas!

Xícaras de café. Vermelhas. Da Raquel.

Como podem ver, tem muito vermelho. Bandejas e caixa da Jô. Cerâmicas da Raquel.

Pote de cerâmica da Raquel… Vermelho.

Ok. O cachepô não é vermelho. Mas pode. É da Raquel. A bandeja é da Jô.

Banquinho da Angela.

Detalhes vermelhos. Avental da Ângela e Eloísa. Panos Divertidos.

Caixa da Angela.

E aguardem. Amanhã, com vocês, sala azul e suas coisas azuis!

Você também pode gostar de ….

DSCN0836

Natal lembra vermelho

Captura de Tela 2013-02-23 às 11.23.07

Nós e cores – Tie Dye

Read Full Post »