Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Bandejas’ Category

O verão aqui no sul, esse ano, foi… verão! Pouca chuva, muito sol, inacreditável. O lado bom é que aproveitamos muito a praia. O lado ruim é que, sem chuva nem dias sorumbáticos, pouco tempo sobrou para inventar artes pela casa. Mas algumas coisas se realizaram…

Novamente, saí catando madeiras que o mar trazia. Com tanto sol, elas secam rapidinho.

DSC03938

DSC03990

DSC03991

Pintei um banco para a casa nova da Claudia. Todo emplumado porque foi um presente.

DSC03953

IMG_1080

E a bandeja que começou a nova tendência de cashemiras.

DSC03945 DSC03946

E ganhei da minha tia Doris, uma graça de toalha com pintura em tecido.

DSC03993

De resto, descanso, andar na areia, sol e muita leitura. Para que mais?

Você também vai gostar de …

DSC03380É pau, é pedra

DSCN1446Meu mar

DSCN3151aPinturinhas de praia – 1

Read Full Post »

DSC_0203

Quando fui para a praia nesta temporada, tinha algumas coisas a serem pintadas. Levei pincéis, tintas, modelos de desenhos, carbono, borracha, fita crepe, peixe e papagaio… Uma mudança. Aí, veio o desastre: o verniz que estava na bolsa com todo esse material, inclusive a bandeja que seria pintada, abriu e provocou uma esbórnia. O mdf da peça inchou, embolotou, quase motivou uma eliminação na lata de lixo, pois os desenhos que tinha pensado para ela não seriam mais possíveis. Mas fazer bobagens leva a adaptações: tive que improvisar. Olhei no meu próprio blog os desenhos que tinha feito em caixas e resolvi aplicar na bandeja. Ficou tão lindo que foi a primeira de muitas!

DSC_0220

DSC_0201

DSC_0215

DSC_0207

Você também vai gostar de….

DSCN1251Borboletas – Nem tudo dá certo

Captura de Tela 2011-09-01 às 07.18.22Bandejas e apetites

Inspiração indiana

Read Full Post »

Tempo livre e matéria-prima: madeira e pedras para pintar, facilmente encontradas nas ilhas gregas. Os resultados estão aqui.

A madeira, na verdade, levei do Brasil para Leros. Precisávamos de mais uma bandeja para o café da manhã e de um porta-guardanapos à prova de vento. E a bandeja é dupla-face: a parte de trás combina com o porta-guardanapos, chiquérrimo. E usando os famosos carimbos.

DSC03381

DSC02681

DSC03380

Bancos, sempre bancos. Um baixinho, velho conhecido, para alcançar as coisas mais altas. O outro foi desmontado na mala e montado por meu cunhado Fabrizio, cheio de dons.

DSC02966

DSC02961

Casinha de passarinho com buganvílias. Espero que esteja habitada no próximo verão.

DSC03315

Produzidas lá, plaquinhas para as portas dos quartos, com nomes de nossas praias preferidas em Leros. Eu durmo em Blefouti.

DSC03356

PicMonkey Collage8

E as pedras? No próximo post.

Você também pode gostar de…

DSCN3225aPedras pintadas em Santa Catarina

DSC01152Madeira na Grécia

DSC02044Um banco de golfinhos

Read Full Post »

DSCN3416

Durante 20 anos atuei como fonoaudióloga e me especializei no atendimento de crianças com Síndrome de Down. Estimulei seu desenvolvimento de linguagem com muitos desenhos e jogos inventados.

Anos se passaram, virei artesã e espalhadora de livros e aí… pelas mãos da amiga Maristella, que está formando uma turma de garotas com muita coisa em comum, apareceu a oportunidade de rever as meninas que atendi dos 3-4 anos até seus 9-10. E dessa vez, com outro objetivo, o de ensinar artesanato.

Foi lindo, emocionante, para mim e para elas. Nos revimos depois de tanto tempo, elas agora moças, cheias de planos e com todos os sonhos da juventude. Viajar, trabalhar, namorar, quem não quer?

Foram quatro encontros. Fizemos pintura em madeira e em panos de prato, presentes para o Dia das Mães que estava perto e uma camiseta em tie dye. Fomos visitar o Atelier Artemista, um lugar cheio de artesanatos. Fizemos cartões personalizados e comemos Nega Maluca. Conversamos, muito. Diversão, cor e nostalgia, tudo muito bom. Reforcei minhas convicções de que para fazer acontecer, o primeiro passo é acreditar. Para todas essas moças, pais que apostaram que suas filhas tinham potencial e podiam ter uma vida inclusiva e cheia de aprendizagens, foram decisivos.

PicMonkey Collage

DSC01842

DSC01898

DSCN3444

DSCN3447a

 Esse grupo se encontra na Clínica Cognitiva/ Curitiba. Mais informações, aqui.

Você também pode gostar de…

20100708_0171Bruno

Captura de Tela 2011-11-18 às 09.33.18Mini-recado

DSCN2757Amigas

Read Full Post »

Na nossa casa em Leros existe um livro que convida nossos hóspedes a deixar algo escrito contando o que a casa trouxe para eles e a marca que deixaram durante sua estadia. Junior pintou muros e Ângela pintou uma cadeira. Tudo mostrado aqui.

Mas o maior produtor de coisas interessantes é meu cunhado Fabrizio, um escritor e marceneiro aprisionados em um entediante emprego administrativo em Roma. Ele escreve fábulas para crianças e sempre que sobra um tempinho, cria peças com madeira. Em Leros aproveita tudo o que encontra pela frente, pedaços de madeira, as janelas que foram trocadas na casa, móveis abandonados pela rua. Como madeira é comigo mesmo, nos divertimos nas nossas férias.

Antigas janelas da cozinha.

Virou um lindo armarinho embaixo da janela do quarto. Ideia e obra de Fabrizio.

Junior pintou muros.

Ângela e eu pintamos cadeiras que viraram mesinhas de cabeceira. Encontradas na rua.

O espelho que a Kamo e Emília pintaram e que eu ganhei da Raquel, agora enfeita a entrada da casa.

A bandeja que pintei aqui e levei para lá e que carrega delícias do café da manhã.

Uma tábua antiga dando sopa… virou cabideiro. Por Fabrizio.

E para quem ficou interessado nos versos de Fabrizio no livros de visitas, aqui vai a tradução (livre, bem livre): Bem-vindo a essa casa, Você que de tão longe vem, Agora tem uma missão, Pode responder como lhe convêm. Diga-me quem você é, O que faz e de onde vem, A tua história muito nos agrada E meu coração encherá também. Sou uma casa antiga e distante, Que se enriquece com todos vós. Diga-me o que trazes do teu lar, Sejam pensamentos ou “bois”. E assim, antes do seu retorno, Diga-me o que me deixou. A tua marca ficará comigo para sempre, mesmo se apenas uma pedra você pintou. Fabrizio tem um blog onde mostra todo o processo da construção do armário: www.fabbroscrivano.blogspot.com

Você também pode gostar de…

Nosso artesanato na Grécia

Banquinho de praia

Read Full Post »

Borboletas são assunto recorrente em artesanato. Difícil não ter pintado meia dúzia delas quando se fala em decorar madeira, tecido, papel. Elas são irresistíveis, pelas formas, cores, leveza.

Também já me aventurei com borboletas e geralmente dá certo. Mas nem sempre…

Primeiro, uma caixa que deu certo.

O relevo.

E aí vem o fiasco… Uma bandeja que começou bem, borboletas em relevo, branco no branco, tudo de bom.

E então resolvi craquelar. Porque ninguém me impediu? Preciso me consultar com minha assessora-para-assuntos-de-craquelamento (minha mãe). Acabei com a bandeja.

Para arejar minha mente irritada, deixo aqui essa imagem de uma escultura de David Kracov, sobre a qual você encontra mais informações aqui.

Você também deveria conhecer…

Detalhes de uma casa de passarinhos

Captura de Tela 2012-06-10 às 19.40.08Muitas

Nosso artesanato na Grécia

Read Full Post »

A cada ano que passa, consigo fazer alguma coisa em madeira para minha própria decoração de Natal. Gosto tanto delas que me dá pena deixá-las escondidas durante os outros 11 meses…

Com esses pratos enfeito minha porta.

Inspirados em um antigo catálogo da Unicef.

Esses sous-plats uso para servir queijos, panettone ou a Crostata da Ângela, cuja receita está nesse post da minha filha Marina. Quando fizemos para o blog dela, ficou lindo de morrer. O que aparece nesse post, que fiz sozinha, ficou pra morrer de feio… Mas uma delícia!

Para ficar mais fácil ainda, dá para ver como fazer no vídeo dela. Aproveita, dá um like e assina o canal. Comendo a crostata , é claro.

Crostata da Ângela – com geleia de damasco. Mas dá para fazer com geleia de morango, goiaba, amora….

Crostata da Ângela

200g de farinha de trigo

100g de manteiga em pedaços

50g de açúcar

2 gemas

Geléia a gosto (damasco, morango, uva, amora…)

Raspas de limão

Pitada de sal

O modo de fazer, com um belo passo-a-passo, você encontra aqui.

Você também pode gostar de…

Nosso artesanato na Grécia

Natal!?

Lembra?

Read Full Post »

Older Posts »