Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Aquarela’ Category

Captura de Tela 2015-06-07 às 18.52.06 Quando meus filhos eram pequenos, o tempo passado dentro de carros, tanto nos deslocamentos urbanos quanto nas viagens para a praia e afins, tinha sempre um toque de stress.

Na cidade, acontecia porque ambos (um menino e uma menina) tinham uma capacidade sensacional de implicarem um com o outro. Habilidade que crescia exponencialmente no final da tarde, na volta da escola. Essa situação (a de se levarem à loucura mutuamente no banco de trás do carro enquanto a mãe se enfurecia na direção) se repetia, obviamente, em viagens longas.

Consideremos aqui uma mãe cheia de estratégias para distrair crianças e um tempo em que não existiam (ainda bem) os Ipads que paralisam a petizada na frente de telas acachapantes. Aí era um tal de “Quem acha um Fusca branco?”, “Vamos ver quem vê um cavalo?”, “Fui pra Lua e levei…”. Sacolas cheias de lanches, brinquedos, jogos, livros para ler, livros para pintar e toda a parafernália necessária para isso… Mesmo assim, uma hora a coisa degringolava. E, por puro tédio, eles se estapeavam. E gritavam. E choravam. Aí o pai ficava na frente sozinho e eu pulava para o banco de trás para inventar mais distrações e apartar os meliantes.

PicMonkey Collage3

Toda essa história para contar como nasceu uma outra história: como nasceu o Bartolomeu. Numa dessas viagens, nas curvas da estrada para Santa Catarina, o Bartolomeu e sua coceira vieram acalmar Leo e Marina. E de tanto ser contado e repetido para meus filhos e depois, para meus pacientes, foi fazendo parte da família. E virou vontade de ser livro. E… virou livro de verdade. Que eu, muito exibida, resolvi ilustrar por conta própria.

Você já pode conhecer o Bartolomeu aqui: www.acoceiradebartolomeu.com.br

Captura de Tela 2015-06-30 às 08.57.28

Você também vai gostar de…

DSC03660

Desenhar

DSCN3747

Arriscando em aquarelas

leo e marina

Marcas

Read Full Post »

Que tal criar presentes? Mão na massa e dar de presente algo que você mesmo fez? Aqui no ArteAmiga já falamos de tudo – alguma ideia você há de gostar de fazer, algum talento você há de ter.

Faça um quadro-negro. Fácil, moderninho e, de quebra, útil: dá para fazer lembretes e deixar muitos recadinhos.

DSC_0643Aqui

Mesmo que não seja exímio(a) cozinheiro(a), prepare Mango Chutney. É muito fácil, basta seguir a receita, ter todos os ingredientes, jogar tudo numa panela e depois de uma hora você tem vários potinhos lindos para dar de presente. Mango Chutney é um creme agridoce cheio de especiarias e um aroma delicioso que acompanha carnes ou batatas assadas,

Aqui

Que tal bolachinhas de gengibre? Essas exigem um pouco mais de habilidade culinária, mas é lindo ver aquelas fornadas cheirosas saindo cheias de biscoitos dourados. Encha um pote, uma cestinha, envolva em celofane e pronto.

Aqui

Presenteie suas receitas preferidas. Já fiz isso. Comprei um caderninho lindo e nele escrevi muitas das minhas receitas de doces e comidas do cotidiano. Dei de presente para minha irmã que estava indo morar no Peru (devidamente fotocopiado para o resto da família).

Aqui

Faça cartões de visita para alguém que quer divulgar o seu trabalho. Super fácil e fica muito bonitinho.

DSC_0640

Aqui

Asse um bolo. Siga uma receitinha e pronto. Vai agradar.

bolos

Aqui

Personalize. Sem os gastos e empenho de tempo do scrapbooking, simplesmente reúna fotos do presenteado e faça um álbum. Complemente com comentários e passe a mensagem que quer: de amor, de amizade, de saudade.

Aqui

Sabe desenhar? Para uma criança pequena, faça um contador de histórias. Se desenho não for a sua praia, faça assim mesmo, com fotos, recortes de revista, ilustrações que você procura na internet. E veja como usar aqui.

DSCN3624Aqui

No último verão me aventurei nos tingimentos: dá pra criar muita coisa em camisetas, toalhas de mesa, cortinas. Um tapa no visual e um presente exclusivo com o tie dye.

DSCN3068BAqui

Um doce fácil, rápido e delicioso, a Palha Italiana. Faça, corte em pedaços, envolva em açúcar e coloque num pote de vidro. Amarre uma fita dourada e parta para o abraço. A receita está explicadinha aqui (e feita pela minha filha Marina):

A árvore genealógica da sua família. Vale desenhar ou copiar de algum programa da internet que faça isso. Reúna informações e fotografias e resuma a história da sua família.

DSCN2396Aqui

 Escreva. Faça um verso, descreva um sentimento, enalteça qualidades. Escritos ficam. Quer surpreender ainda mais? Ponha num envelope e mande pelo correio.

                                                                    

Aqui

Se tudo parecer estar perdido, pinte pedras. Fáceis de encontrar e de realizar.

DSCN3221Daqui

DSC03370Aqui

Por fim, olhe em volta. E doe. Um livro, um brinquedo, uma roupa, um abraço, seu tempo. Alguém está precisando desse seu presente, tenho certeza.

Você também pode gostar de….

DSCN3594Abanque-se

DSC_0201Bandejas e cashemiras

Natal lembra vermelho

 

Read Full Post »

DSC03522

Você já teve vontade de fazer uma coisa e ficou empurrando essa vontade para a frente? Desculpas de todas as origens amarravam a realização daquilo? Uma dieta que precisa esperar passar a festa da Tia Chiquinha, daqui a três meses;  o cabelo ruivo que está sempre aguardando a próxima visita ao salão, e  a próxima, e a próxima. Aquele desejo enorme de ir fazer aula de dança (ou pintura, cerâmica, costura, culinária, francês, natação, carpintaria, yoga, meditação, salsa – escolha sua alternativa, você há de ter uma) e que está sempre esperando tempo livre ou dinheiro sobrando…

DSC03521a

Bem, eu tinha uma vontade de participar do Croquis Urbanos, um grupo de desenhistas e simpatizantes que acontece aqui em Curitiba. Essa iniciativa existe pelo mundo inteiro, mais conhecida como Urban Sketchers: um pessoal que pratica o desenho de observação, se reúne e desenha em locais agendados através de uma página no Facebook. Simples assim, você simplesmente aparece ali, munido do que tiver – papel,  prancheta, lápis de cor, tinta, o que te der na veneta, um banquinho, cadeira ou canga e vai. Tem duas horas para escolher o ângulo que quer desenhar o que quiser: a construção, a paisagem, uma flor. Depois se encontra com o grupo e todos colocam seu desenhos no chão.

DSC03531

1379815_537586456317126_1497115237_n

Não tem regra, não tem bonito, não tem feio. Tem só a vontade de passar um tempo em algum lugar da sua cidade retratando o seu olhar sobre ele.

Eu fui. Meio insegura, meio perdida, sem saber bem o que fazer. O desenho ficou assim, assim. Mas fui. Matei minha vontade. Ou melhor, criei uma nova: a de voltar sempre.

DSC03529
Quer saber mais sobre o Croquis Urbanos – Curitiba:? Entre aqui.
Sobre o banquinho? No próximo post.
Foto dos croquiseiros na ponte: Cassio Shimizu
Você também pode gostar de…
Captura de Tela 2013-07-03 às 19.45.44

Read Full Post »

DSC02915

Depois de algumas temporadas na mesma ilha, o comércio local meio que se esgota: sempre os mesmos olhos gregos, sandálias de couro, saídas de praia… Na conversa jogada fora na beira do mar, uma das amigas então propôs:  “vamos imaginar? Desligar o senso de realidade e apenas nos permitir empilhar vontades de improvável concretização”?

Assim, num estado de sonho coletivo, abrimos uma lojinha em Leros. Cada uma declarou o que faria para colocar na loja e tivemos que buscar talentos escondidos. A professora de escola italiana decidiu que poderia pintar pedras, minha cunhada fisioterapeuta lembrou que sabe costurar, então faria bolsas de pano e toalhas de mesa com apliques. Laura é mestre em molhos para massas e geleias, Marina faria cheesecake. Eu, pintaria camisetas e madeira e, por que não, já que estamos sonhando mesmo, traria muitos biquínis e havaianas para vender. E colares da Ocléris e os lenços da Liane. Loja linda, não dá vontade de acordar.

Registrei o desejo em papel. Quem sabe um dia…

DSC02687

DSC02698

DSC03090

Uso muito a frase: “o melhor da festa é esperar por ela”.  Acho que também se aplica aos sonhos: tem sonhos que basta… sonhar.

Você também vai gostar de…

DSCN3151aPinturinhas de praia

artesanato2Artesanato grego

DSC_1981O sol se põe

Read Full Post »

Mais uma reunião de visitas. Vale a pena rever. É quase como passear em um shopping, olhando vitrines cheias de coisas lindas.

Emília Wanda sempre cheia de mimos.

A poesia de Emília Wanda.

Renê Tomczak pinta um quadro mais lindo que o outro.

As telas de Renê

Caleidoscópios, uma mania minha, que por sorte a Heidi alimenta.

Um caleidoscópio para chamar de seu.

A incrível habilidade de Malu Scheleder. Cada vez que olho, me impressiona outra vez. Que bom que tenho um desses em casa

A delicada arte do recorte.

Você também vai gostar de…

Muitas

Grécia

 

Read Full Post »

Liane Mestrinho começou a vida profissional como geógrafa. Da geografia, trouxe para a pintura de aquarela em seda os elementos da água, da terra, do universo, que aparecem na fluidez dos traços, do tato e das cores. E que cores!

Uma arte que cria peças diferentes a cada produção, traz em si o exercício da criatividade, da diversidade, do respeito ao orgânico. Detalhista, a artista preza a seda mais pura, as tintas mais eficientes, o acabamento mais primoroso.

Os lenços e echarpes resultam de inspirações desenhadas direto no tecido, combinando cores e criando formas. No bastidor, a seda vai receber combinações de traços e tonalidades que vão fazer dela uma peça única e irrepetível.

Vestidos, camisas de algodão e telas para enfeitar paredes também brotam das tintas e pinceis de Liane.

Liane vende seus lenços e roupas. Para falar com ela, entre em contato através do lianemestrinho@gmail.com. E ela tem um blog: lianemestrinho.blogspot.com.br

Você também pode gostar de…

DSC02917a

Água

As cores, as flores – Grécia

Um caleidoscópio para chamar de seu

Read Full Post »

Acompanho o trabalho da Leila do blog Fofuras by Leila desde o começo do ArteAmiga. Cada sapatinho! E eu sem ideias de quem presentear… Até que tive a notícia de que minha árvore genealógica ia aumentar e eu ganharia dois sobrinhos de uma só vez, um italiano e um peruano!

Um menino e uma menina, que bom! Assim pude encomendar um rosa e um azul para os novos membros da família. Leila foi um amor, os sapatinhos chegaram e eu estou toda contente!

Família para mim tem um significado enorme e a alegria de ver minha irmã tendo essa bebê tão linda é gigante. Aproveitei que ando tendo aulas de desenho e fiz nossa árvore genealógica atualizada pela chegada de Isabella e Costantino.

Você também pode gostar de…

DSCN3622Palavras para Isabella

DSC04455

Um coelho – muitas escolhas

Lápis de pinhão

Read Full Post »

Older Posts »