Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Lugares que gosto’ Category

FullSizeRender 2

Verão dando adeus, mas… O tempo mais alargado na praia permite algumas invenções.

A própria casa da praia foi um dos ladrões de tempo de 2014: exigiu viagens constantes e um tapa (quase uma surra) no visual. Casa de quase 60 anos, está pedindo colo. Não querendo investir muito, fui garibando aqui e ali para parecer que algo novo está no ar.

Assim, a casa recebeu uma pintura por dentro e detalhes que deram uma renovada. Por dentro, os fios e canos ainda rogam por uma reforma, mas a gente chega lá.

O banheiro, em estado lastimável, recebeu azulejos. Brancos, 15×15, fácil, certo? Nem tanto, os pobrezinhos estão ficando raros e, pasmem, não tão brancos. Assim, lado a lado, descobrimos que também existem 50 tons de branco…

DSC04639

IMG_4201

IMG_5590

A solução foi colocar adesivos que distraem o olhar e despistam a diferença.

Na parede, um móvel feito pelo meu avô, lá por 1960, portanto, de valor inestimável. A umidade e os cupins se regalaram, quase deram cabo do pobre. Teimosa, restaurei. Ficou como novo e meu avô, de onde me vê, feliz.

IMG_3982

IMG_5530

A mesa, por praticidade e não por beleza, é forrada por uma toalha plástica. Era bege, tudo menos bonita. Agora é de um xadrez azul e branco que muito me agradou (ainda por praticidade, não por beleza). Em um canto alemão construído, novamente, por meu avô. Os cupins quase me convenceram a elimina-lo, mas resisti.

FullSizeRender

Ficou tudo mais bonito por fora. É o que o olho vê e o que realmente importa, agora.

E isso, sabe o que é?

FullSizeRender_2

Você também pode gostar de…

DSCN1446Meu mar 

DSC03953Pinturas de praia 2

DSC04559Pausa

Anúncios

Read Full Post »

O ritmo de um dia em Leros é sempre tão parecido que a gente perde totalmente a noção de tempo. Deve ser o sol sempre garantido que faz todos os dias serem meio iguais, sem as interrupções que dias de chuva propiciam, com leituras de bons livros, baralhos e afins.

Então, todos os dias, na ilha, a gente toma um café da manhã bem comprido, vai para a praia lá pelas 11 horas (filtro 50 e guarda-sol, juro) e por lá fica até o final da tarde. Volta para casa, banho, cozinha e vai passear. Aí surgia um problema: onde carregar o dinheiro, a fivela, a tiara que segura os cabelos destroçados pelo vento? A solução encontrei no blog da Chria. Namorei a bolsinha e, como fui a Blumenau, aproveitei para conhecer Chris e sua bonita loja.

Em poucos dias, chegava aqui em Curitiba minha bolsa linda em uma caixa cheia de mimos. Tudo perfeito. A bolsa foi para Leros, foi bem usada nos meus passeios e lá ficou, se tudo der certo, me esperando para o ano que vem.

Conheça o Sweetblogchria.

Bolsa lá, me esperando. Sorte dela.

Você também vai gostar de…


bo6

A bolsa e a vida

Fadas no banquinho

Inspirei-me

Read Full Post »

Mais uma reunião de visitas. Vale a pena rever. É quase como passear em um shopping, olhando vitrines cheias de coisas lindas.

Emília Wanda sempre cheia de mimos.

A poesia de Emília Wanda.

Renê Tomczak pinta um quadro mais lindo que o outro.

As telas de Renê

Caleidoscópios, uma mania minha, que por sorte a Heidi alimenta.

Um caleidoscópio para chamar de seu.

A incrível habilidade de Malu Scheleder. Cada vez que olho, me impressiona outra vez. Que bom que tenho um desses em casa

A delicada arte do recorte.

Você também vai gostar de…

Muitas

Grécia

 

Read Full Post »

 Cicida me encantou com contas para lá de coloridas.

Cicida

Raquel mudou o atelier mas a cerâmica continua a mesma.

Raquel

Os feltros delicadinhos da Claudia.

Feltros.

A inauguração da M.Ludeke, da Magda, também foi linda.

Alta temperatura

A loja Sensorial Bazzar. Um lugar que gosto.

Sensorial

As visitas vão continuar. Se você tem alguma ideia de artesão, artista ou espaço de artes que vale a pena mostrar aqui, me avise!

Você também pode gostar de…

Vida nova ao livro velho

Nova Iorque – Resumo da ópera

Read Full Post »

Há 8 anos, Carla tem uma loja. Um lugar que, mais que produtos, oferece um conceito que o próprio nome resume: Sensorial. A loja contempla todos os sentidos, o olfato com óleos essenciais e produtos da L’Occitane, chás para exaltar o paladar, música relaxante que acaricia a audição, a textura dos futons que exaltam o tato. E a visão, feliz com as cores e objetos que vêm de todos os cantos, artesanato local, do Brasil, do mundo.

O foco é o bem-estar interior, do corpo e da casa. Assim, o espaço traz elementos que promovem a reflexão, o auto-conhecimento, a exaltação dos sentidos, dos cuidados corporais e do conforto. Um lugar onde cor, energia e personalidade têm grande valor.

Canecas exclusivas e idealizadas pela Sensorial Bazzar, brincam: você é fada ou bruxa? A ilustração é da Maureen Miranda e o texto/teste que acompanha as canecas são da Mayra Corrêa e Castro.

“Olhando a vida com a mente vazia e o coração repleto de gratidão, você encontra tempo para ser… e assim tudo mais lhe será dado!”  – frase inscrita nas sacolas da loja.

Se quer saber mais entre em www.sensorialbazzar.com.br ou acompanhe pelo Facebook.

Você também poderá gostar de…

Read Full Post »