Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Infantil’ Category

DSC00833

Meu cunhado italiano Fabrizio Manili é multitarefas: escritor, marceneiro, humorista amador, pizzaiolo, arrumador-de-tudo-que-aparecer-pela-frente e… tem até um emprego, que não sei explicar do que se trata, algo informático e complexo. E tem uma letra linda.

Ele escreve fábulas personalizadas, adaptáveis para crianças que assim o desejem. Muito legal.

Agora ele inventou outra coisa mais bacana ainda – escreveu um Guia de Viagem para Roma, também personalizável, que faz com que pequenos turistas que cheguem à Cidade Eterna sejam os personagens de uma grande aventura: resolver os 7 mistérios  que se escondem em locais como o Coliseu, a Fontana di Trevi e a Basílica de São Pedro.

PicMonkey Collage

Já pensou, você ter uma criança que faz questão de ir conhecer esses pontos turísticos para se sentir ainda mais parte da história?

Achei o máximo. Como a história precisava ser apresentada em várias línguas, fui escalada para traduzir para o português. Então, funciona assim: está indo para a Itália e com você vai um filho, uma filha, um neto ou criança qualquer? Você pode personalizar um Guia de Roma para ele/ela: quando fizer a reserva do hotel, já encomenda o livro que estará no seu quarto quando vocês lá chegarem.

Captura de Tela 2015-06-03 às 19.11.45

Ou só quer ter o livro com uma história super legal sem sair do Brasil? Entra no site, preenche o questionário, paga (pouquinho) e o livro vai ser diponibilizado para você na Amazon em poucos dias!

A história é muito divertida e, de brinde, ainda ensina algumas coisinhas sobre 7 cantos de Roma. Recomendo.

O site onde tudo se resolve: www.fabbroscrivano.com

Você também vai gostar de…

DSC01152

Madeira na Grécia

db41d3907c21348889371ab791db26fb_thumb

Livros e leituras

DSC04031a

Abriu a porta e foi

Read Full Post »

 

Captura de Tela 2014-06-21 às 17.32.33

Sou do tempo em que, para escolher a cor de uma parede, a gente decidia entre o branco, o gelo, o areia e o palha. E já ficava meio na dúvida. Hoje, qualquer decisão passa por um número industrial de alternativas. Só de pensar em definir o novo piso do banheiro, já dá uma gastura, que fique assim velhinho mesmo, está louco de bom.

Aí entramos em outro quesito, que nos dias atuais assumiu outra proporção: o da pesquisa. Pesquisa de preço, de modelo, de lugar, de hotel, de trajeto, de música, de… tudo. Até o certo e o errado podem ser pesquisados ao toque de um botão: Mr. Google resolve tudo. Só não resolve aquilo tudo que deixamos de usar para pesquisar, como fazíamos antes. Em primeiro lugar, os neurônios, que agora só precisam lembrar dessa ferramenta que está fora de nosso cérebro e vai resolver o problema. Saber clicar e encontrar a resposta, sem que nosso raciocínio esteja envolvido. Usando GPS e Wazes, chegamos mais rápido, isso é certo, não nos perdemos, que bom, mas nosso senso de orientação vai ficando cada vez mais preguiçoso e nós cada vez mais tontos.

Antigamente (há uns 5 anos atrás), para decidir qual televisão comprar, batíamos pernas de loja em loja, passávamos horas pendurados no telefone negociando condições de pagamento e qualidade da peça. Hoje? A internet oferece o produto, dá o preço e faz a entrega. E nós não saímos da cadeira, não exercitamos nem corpo nem dialética, cada vez mais bobos e felizes, pensando: “que bom, economizei tempo, dinheiro e preocupações”. Pois eu acho preocupante. Você não? Não estamos falando de crianças que vivem na frente de computadores e joguinhos, que nunca vão pisar numa grama ou subir numa árvore ou saber de onde saem os ovos. Eles são frutos de uma nova era, a realidade delas é essa.  Estou falando de nós, adultos, com livre arbítrio para ver o que estamos deixando de vivenciar, o quanto estamos deixando de pensar, achando que temos mais agilidade de ação e mais tempo para… continuar na frente do computador. Mas nós ainda sabemos o que estamos perdendo, ainda podemos optar por usar esse dom que é só humano:  refletir, argumentar e decidir.

PicMonkey Collagez

Toda esse churumela para falar que, para fazer a camiseta para a Isabella, amada sobrinha-com-tudo-pra-ser-neta e que se revelou apaixonada por coelhos, pesquisei. Baixei uma infinidade de modelos de coelhos para decidir como seriam os que eu ia pintar. Um mix de vários, é claro. Sem grandes detalhes, bem rapidinho, com a ajuda do Google, saiu um coelho com várias influências. O coelho da Isabella.

DSC04449

 

DSC04455

Logo em seguida, detonando uma nêga maluca e … a camiseta.

DSC04465a

 

DSC04463

 

Mas que seria bom se as crianças voltassem a brincar mais, ah, seria…

Você também pode gostar de…

DSCN3728Palavras para Isabella

DSC_0012Banco para um fotógrafo

DSC03307Pedras e panos

 

Read Full Post »

foto-2

O Vicente já é conhecido por aqui. Já ganhou umas camisetas do Snoopy por ser grande (apesar de seus quase 3 anos) fã dele.

DSC_0009

A mãe do Vicente me encomendou uma mesinha. Como seu tema preferido continua sendo Snoopy e carrinhos, aproveitei o desenho que tinha feito na camiseta e enfeitei com detalhes. E a mesa ficou uma graça. Na noite de Natal, ele abraçou a mesa e deu um beijo no desenho do Snoopy. Preciso dizer mais?

DSCN2983

DSCN2990a

E o detalhe do Snoopy escondido no pé da mesa…

DSCN2989

Você também pode gostar de…

DSCN2509Leão no banquinho

DSCN3068BNós e cores – Tie Dye

PicMonkey CollagecUm rato de biblioteca – Hélio Leites

Read Full Post »

Em 2011 postei aqui minha procura por um centro de mesa para o Natal e mostrei os que tinha feito nos últimos anos.

Agora, em 2012, minha procura continua sendo por um belo centro, mas dessa vez para crianças, pois pequenas crianças blumenauenses estarão aqui em casa.  E minha sobrinha recém-chegada! Vamos atrás de ideias, então…

Do Pinterest

Da Martha Stweart

Daqui

Da Casa Claudia Natal

Da Marie Claire Idees

E esse não é infantil, mas adorei a ideia.

E esse, definitivamente, a Marina vai ter que fazer!

Você também pode gostar de…

Natal em branco

Fadas e amoras

Natal?!

Read Full Post »

Continuando as dicas para um Natal que valorize os produtos artesanais, aqui mais algumas ideias de presentes legais.

Raquel faz coisas lindas em cerâmica corda-seca. Ela  é craque e mora no meu coração. Veja algumas coisas da Raquel aqui e aqui.

E se você quiser juntar duas boas ideias em um só presente, coloque o trevo da sorte  em um vasinho da Raquel. Sucesso garantido.

Se você prefere telas, conheça o trabalho do Renê Tomczak. Aquarelas e pinturas a óleo, veja aqui.

Se gosta de feltro, entre em contato com a Claudia. Tudo lindo. Conheça o trabalho dela aqui.

Mais longe, mas chega em tempo se você se organizar agora: sapatinhos de feltro da Leila. Dá uma olhada aqui.

Hélio Leites está na Feira de Artesanato do Largo da Ordem-Curitiba, todos os domingos. Ainda dá tempo de ir escolher alguma de suas peças na sua banca. Veja alguns exemplos aqui.

Encadernações lindinhas da Lu Picoral. Veja aqui.

Você também pode gostar de…

Poty por aí

Como vivíamos sem?

Para que tudo isso?

Read Full Post »

Feliz dia!

‎”A infância é curta e a maturidade é eterna.” — Calvin e Hobbes, Bill Watterson

Você também vai se divertir em…

DSCN3624

Palavras para Isabella

Camisetas e gatos na Grécia

Coleções

Read Full Post »

Um bebê com um banquinho? Parece cedo, certo? Mas, como todos, com certeza, concordamos, o tempo passa muito rápido e logo esse bebê estará usando sua banqueta para ver algum desenho na TV ou em pé diante da pia escovando seus dentinhos ou arrastando-o pela casa para participar sentadinho das rodas de conversa dos adultos.

Pisque o olho e …. seu bebê cresceu. Aproveito para recomendar: dê a si mesmo as oportunidades de viver intensamente esses momentos. Eles voam.

O banco encomendado era para o Enzo, dono de um quarto cujo tema é a floresta.

E já que o assunto é banqueta, conheçam essa, criada pelos jovens designers curitibanos Bruno Boas, Maurício Noronha e Rodrigo Brenner (que eu conheci dia desses), do Estúdio Furf. O banquinho tem preço sob consulta e pode ser encomendado pelo site da marca.

Para conhecer outros posts com banquinhos para crianças, dê uma olhada nesses links:

Fadas no banquinho

Mickey no banquinho

Banqueta de praia

Bailarinas, carros e tigres

Você também pode gostar de…

Madeira na Grécia

DSCN3597

Bancos, muitos bancos

DSC04495

Uma vilinha

Read Full Post »

Older Posts »