Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Tecidos’ Category

O verão aqui no sul, esse ano, foi… verão! Pouca chuva, muito sol, inacreditável. O lado bom é que aproveitamos muito a praia. O lado ruim é que, sem chuva nem dias sorumbáticos, pouco tempo sobrou para inventar artes pela casa. Mas algumas coisas se realizaram…

Novamente, saí catando madeiras que o mar trazia. Com tanto sol, elas secam rapidinho.

DSC03938

DSC03990

DSC03991

Pintei um banco para a casa nova da Claudia. Todo emplumado porque foi um presente.

DSC03953

IMG_1080

E a bandeja que começou a nova tendência de cashemiras.

DSC03945 DSC03946

E ganhei da minha tia Doris, uma graça de toalha com pintura em tecido.

DSC03993

De resto, descanso, andar na areia, sol e muita leitura. Para que mais?

Você também vai gostar de …

DSC03380É pau, é pedra

DSCN1446Meu mar

DSCN3151aPinturinhas de praia – 1

Anúncios

Read Full Post »

Continuando meu resumo de visitas feitas, artistas que admiro.

Raquel sempre tem coisas que eu adoro ter e mostrar. A última visita foi essa aqui.

DSCN2383a

As cerâmicas de Raquel.

O Hélio dispensa comentários. Mas as obras dele são assunto sem fim.

DSC01278

Hélio Leites

Rebeca faz jóias lindas com recorte a laser. E deve estar cheia de novidades, pois vive criando.

DSCN2879
As joias contemporâneas de Rebeca

Bárbara faz bichosbolsasdeáguaquente. Eles são o máximo de fofura e quentura.

1013479_493780084031792_248259089_n
As coisas de pano de Barbara

Mais uma visita à Artemista e sua infinidade de ideias de artesanato.

DSCN3695
Artemista em linhas

Você também pode gostar de…

DSCN2581Poty por aí

PicMonkey CollagecRato de biblioteca

DSCN0700Calendário Curitiba

Read Full Post »

Fracas de dar dó, minhas unhas são sempre um problema. Por isso, talvez, nunca entendi muito os blogs que falam de esmaltes, como se eles fossem, realmente, assunto de qualquer importância. Tanto que, se abro um blog e vejo que o tema versa sobre esmaltes e fotos de unhas de alguém, me mando dali.

Mas, mesmo assim, vou à manicure uma vez por semana. E para isso ganhei um presente da minha querida prima Viviane e adorei: um porta-cortador de cutículas e afins, para levar na bolsa e personalizar a manicure semanal, além de garantir um kit sem contaminações.

DSCN3720

DSCN3725

Dá para encomendar:

vivianemoleirinho@hotmail.com

DSC_0069Um coelho

1186993_529483707128096_1558620503_nAs coisas de pano de Barbara

Read Full Post »

554245_462893900453744_294944186_n

Barbara vem de uma grande e multitalentosa família. Tem quem desenha, quem canta, quem filma, quem pinta com pontinhos coloridos, tem quem simplesmente inventa. Criatividade faz parte do DNA.

Quis a vida que Barbara, cursando Música Popular na FAP, acompanhasse o marido, instrumentista e luthier*, aos Festivais de Música pelo Brasil afora. Resolveu criar camisetas com aplicações musicais e foi logo fazendo sucesso. Pegou gosto pela costura e apliques e, quando a filha Flora nasceu, ganhou da amiga Any um curso de patchwork. Junto com Flora também veio a ideia dos bichosbolsasdeáguaquente para aliviar as cólicas do bebê com mais charme.

1013479_493780084031792_248259089_n

PicMonkey Collage

Os bichosbolsadeáguaquente são capas para bolsas de água quente ou saquinhos de sementes, com os quais se aquece da cólica ao torcicolo, do pé gelado à coluna estropiada. E estão evoluindo, já podem ser encontrados com alças e como mochilas para a criançada carregar suas coisinhas por aí. E com cara de tudo: galinha, pintinho, ovelha, porco, gato, coruja… Uma graça total!

PicMonkey Collage1

1186993_529483707128096_1558620503_n

1012361_499751210101346_801128017_n

1239552_530316427044824_1898026542_n

Barbara também passeia pelo mundo dos bonecos: reproduz em forma e conteúdo os desenhos da filha. E faz um kit com uma boneca feita apenas em pano branco acompanhada de canetas laváveis. A presenteada pinta a bonequinha como desejar. Criatividade também se presenteia.

64716_456471161096018_2113043309_n

527799_456038847805916_221279114_n

603030_484833921593075_458084118_n

Barbara traz uma boa reflexão: “poderia me profissionalizar, ter um atelier em uma sala comercial, funcionários para aumentar a produção… Mas estar na minha casa, com minha filha por perto, cuidando da minha horta, cozinha e costuras, mantendo o ar artesanal, vale muito mais”.

35907_468250983251369_1271671961_n

DSCN3666

1173807_527978967278570_81707501_n

Uma horta mandala.

Ainda bem que ela aceita encomendas: babibrasa@hotmail.com www.facebook.com/coisadepanobabi www.coisadepano.com.br

* Luthier:  é um profissional especializado na construção e no reparo de instrumentos de corda com caixa de ressonância.

Fotos de Barbara Horn

Você também vai gostar de…

DSCN2222a

Fofuras de feltro pousaram aqui

DSC01283Hélio Leites

Captura de Tela 2012-10-18 às 10.31.17Sacolas retornáveis – Por que?

PicMonkey CollaeSomente o necessário

Read Full Post »

DSCN3068B

Eu e a torcida do Flamengo tínhamos uma saída de praia. Além de ter 1000 iguais por aí, a minha já estava batidinha e rodada. Aí apareceu na minha vida um maiô lindo, marrom e azul, que precisava de algo que combinasse com ele…

DSCN3046A

Resolvi então fazer tie dye, técnica milenar oriunda do povo hippie e que está vivendo um ressurgimento em nossos dias. Achei que ia ser simples, olhar um passo-a-passo na internet e pronto… Antes fosse. Fazer tie dye é mais ou menos o mesmo que pesquisar receita de quiche no Google: tem milhares de jeitos de fazer. Aí você tem duas opções: ou escolhe uma das técnicas ou faz um mix delas. Adivinhe o que eu fiz? Mix de técnicas, bingo.

Vou tentar explicar o que agora virou a técnica Jô Bibas de fazer Tie Dye, já que ficou do jeito que eu queria.

1. molhe a peça que quer tingir. Torça bem para que fique úmida.

2. amarre, com barbante ou elástico. Principiante que sou, fiz uns círculos espalhados pelo vestidinho. Faça amarrações bem firmes, é a parte do tingimento que deve ficar com a cor original da peça.

DSCN3056

3. tenha uma panela grande com água fervente suficiente para cobrir a peça a ser tingida. Em outro recipiente, dissolva o conteúdo de um tubo de tinta Guarany ou Tupy na cor escolhida em 1 litro de água fervente. Misture na panela onde vai mergulhar a peça.

Captura de Tela 2013-01-15 às 15.38.20

4. mergulhe a peça na água fervente colorida e mexa com uma colher de pau por até 30 minutos, variando esse tempo para menos de acordo com a intensidade que deseja da cor escolhida.

5. tire a peça da água colorida e enxágue um pouco em água fria. Coloque em um balde com água suficiente para cobrir a peça, seguindo essa proporção para fixar a cor: para cada litro de água, 1 colher de sopa de amaciante, 1 colher de sopa de sal grosso e 1 colher de sopa de vinagre de álcool. Deixe lá uns 10 minutos, retire e enxágue bem até não sair mais cor. Desate os nós e pronto.

DSCN3057A

6. Como eu queria mais uma cor, mandei tinta para tecido Acrilex com pincel nas partes brancas que eu queria colorir.

DSCN3059A

DSCN3065A

Saí fazendo outras experiências: duas toalhas de mesa. Mas nessas, a segunda cor veio de tingimentos suplementares. Depois do primeiro tingimento, tirei alguns elásticos de cada círculo e tingi em mais uma cor.

DSCN3109a

DSCN3329

Nas fotos se vê um desenho com quadrinhos coloridos que fiz testando aquarela.. Está lá, me lembrando que a gente pode sempre aprender algo novo. Esse tie dye é a prova disso.

DSCN3047

E já que estamos falando de tingimentos e a Páscoa se aproxima, fica a dica:

Captura de Tela 2013-02-23 às 11.17.58

Daqui

Captura de Tela 2013-02-23 às 11.23.07

Daqui

Captura de Tela 2013-02-23 às 11.29.04

Daqui

Você também pode gostar de…

DSCN2272As cores da seda

DSC00746Uma tia de presente

Captura de Tela 2013-02-12 às 10.50.02Sempre aprendendo

Read Full Post »

 

DSCN3167

Na casa da praia é assim: me sinto feliz por não fazer nada e desesperada por não fazer nada. Bem assim, contraditória mesmo. A solução encontrada, então, é achar o que fazer na própria casa. E eu achei.

Pintei uns descansa-panelas para presentear vizinhas.

DSCN3196

Achei uns pedaços de madeira velha que sobraram de um pequeno armário devorado por cupins. Lixa daqui, lixa dali, nasceram três quadrinhos espalhados pela casa, com peixes, é claro.

DSCN3086b

DSCN3178

Mexeram no muro, o que fez desaparecer a pinturinha que eu tinha feito há alguns anos com uma vista da praia. Resolvi pintando outros pedaços do muro, com a companhia de minha filha Marina.

DSCN3230

DSCN3179

DSCN3161

Fiz tie dye. Adorei essa brincadeira, me deu vontade de sair tingindo tudo. Essa foi uma toalha para a mesa da sala. Em breve, mostro em outro post como fiz.

DSCN3109a

DSCN3119

E essa caixa para o Rummikub, jogo amado pela família desde que meus filhos eram pequenos. Se não conhece o jogo, vá atrás. É ótimo.

DSCN3126

DSCN3145

DSCN3190

DSCN3151a

E pedras, muitas pedras. Aqui.

DSCN3216

Você vai ver mais mar em…

DSC01093aMadeira na Grécia

DSCN2133Banco de praia

DSC03307Pedras e panos

Read Full Post »

Nada acompanha mais o amadurecimento de uma mulher do que o tamanho da necessaire que ela usa para viajar. Lembro dos tempos de menina em que tudo que eu precisava era da minha escova de dentes e do shampoo que minha mãe levava na frasqueira familiar (sim, eu sou do tempo das frasqueiras). Adolescente, à escova de dentes e shampoo somaram-se desodorante e uma escova de cabelo só para mim. Qualquer bolsinha dava conta de tão pífio recado.

Aí a coisa foi complicando. O lápis de olho e o rímel começaram a se tornar obrigatórios. O creme rinse – primórdios do condicionador – era fundamental para desatar os nós no cabelo submetido a permanentes em busca dos cachos que não tinha. Um brilho labial sabor morango coroava o pequeno kit. Logo em seguida, o sol virou vilão e dá-lhe filtros dos mais variados fatores exigindo um espaço só para eles.

Atualmente, temos a bolsinha dos remédios, a dos cremes – para as mãos, para os pés, para as rugas do dia, para as rugas da noite, para o cotovelo. A pré-base, o corretivo, a base propriamente dita, o demaquilante para tirar tudo isso. E o algodão, o cotonete, a faixa para segurar o cabelo, o elástico para não molhar a escova progressiva. O perfume, ah, o perfume, sempre em frascos enormes, mas sem o qual “nos sentimos nuas”. Três necessaires no mínimo para cobrir todas essas pequenas necessidades. E hoje, ao fazer uma mala para uma inocente viagem de 3 dias, tirei da gaveta e coloquei numa necessaire só para ela, minha bolsa de água quente. Acabo de dobrar o cabo da boa esperança. Ai, meus sais.

Tenho uma convidada especial para ilustrar esse assunto. É a Chris do SweetblogChria, onde ela mostra suas artes em tecido que vende em sua loja real em Blumenau e em sua loja virtual, aqui. É tudo muito lindo, colorido e criativo. Já encomendei uma bolsa linda dela, da qual falei aqui.

Aproveitem um belo desfile de necessaires. A gente sempre precisa de mais uma…

Você também vai gostar de…

Origamis

Retrospectiva 2011

Medidas com charme

Read Full Post »

Older Posts »