Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Dobraduras’

A retrospectiva que fiz no início de janeiro muito me agradou. Foi ótimo para reunir posts de um ano inteiro. Resolvi juntar aqui, então, todas as visitas que fiz a espaços legais de Curitiba. Um belo passeio.

Mostrei o atelier Artemista, da Suzi, onde muitas artes acontecem.

Artemista

Visitei a Ocléris no seu quintal cheio de cerâmicas.

Ocléris

Emerson me mostrou uma casa especial e sua cartonagem super linda.

Emerson

Os origamis de Gogó são simplesmente o máximo!

Gogó

Doces e ternura na Fada Formiga.

Fada Formiga

Siga visitando nos próximos posts.

Você também pode gostar de…

Vida nova aos papeis velhos

Sorte

Artesanato gregoRetrospectiva 2011

Anúncios

Read Full Post »

Gogó e seus origamis são campeões de audiência por aqui. Então, quando soube que as lembrancinhas de nascimento para minha nova sobrinha Isabella seriam tsurus da Gogó, não resisti. Resolvi mostrar um pouco mais dessa dobradura de passarinho tão famosa.

Gogó nos deu algumas opções. Podia ser o tsuru para espetar em vasos ou onde o freguês quiser.

Ou podia ser o marcador de páginas.

Minha irmã optou pelo tsuru de pendurar, que pode acompanhar a gente e trazer um pouco de apoio nesse mundo cão, penduradinho em algum canto do carro, por exemplo.

Gogó aceita encomendas de tudo que é dobrável! Contato: goguarinello@hotmail.com

E um video que mostra um trabalho com papel bem simplinho. Reciclagem, aprecio.

Você também pode gostar de…

DSC_0646

Cartão feito em casa

 

Vida nova a velhos papeis

Banco de praia

Read Full Post »

Adoro histórias que mostram que o acaso pode fazer pessoas descobrirem talentos insuspeitados.

Com Gogó foi assim. Fez curso de Artes Plásticas, ok, mas as dobraduras surgiram por outros caminhos. As primeiras aprendeu criança com o pai. Em 2007, trabalhando na clínica de uma amiga, entre outras atividades começou a ensinar origami, dobrando papeis coloridos e fazendo tsurus, passarinhos que a criançada adorava. Resolveram enfeitar a árvore de Natal da sala de espera com tsurus dourados, que encantaram as mães dos pacientes e … começaram as encomendas.

Com a sócia Guta, Gogó alçou voo com seus passarinhos delicadamente dobrados. Ganhou mais visibilidade com uma banca na Feira do Largo da Ordem e hoje dobra e dobra sem parar: faz lembrancinhas de batizado e casamento, adornos para doces, vitrines e grandes instalações em shoppings e afins. Participa de projetos que envolvem a comunidade, ensinando crianças e adultos a fazerem as dobraduras que depois farão parte de seus gigantescos móbiles. Um deles foi enviado ao Japão, fazendo parte de uma antiga tradição do país, Sadako e os 1000 pássaros de papel,  que explico logo abaixo.

Vitrine da minha loja preferida.

Pesquisando, Gogó ampliou suas dobraduras e partiu para o Kusudama, um origami modular. Cheio de pedacinhos dobrados, todos encaixados para construir essas formas. Coisa de gente bem detalhista e habilidosa!

E tem um passarinho dentro!

Tem coisa melhor que unir prazer com trabalho? Ter uma atividade que parece coisa de criança e ao mesmo tempor rende? O origami foi acontecendo por acaso na vida de Gogó e hoje é sua atividade profissional. É divertido, é colorido, mas definitivamente trabalhoso!

Clique aqui para ver outro post com as dobraduras de Gogó. E ela apresenta suas dobraduras também neste link.

Sadako – A Lenda dos 1000 Pássaros de Papel pela Paz.

Depois da destruição de Hiroshima em 1945, muitas doenças surgiram entre os sobreviventes. Uma das vítimas, Sadako Sassaki, com dois anos no dia da explosão, começou a sentir os efeitos da bomba atômica aos 12 anos. Seu diagnóstico: leucemia. Quando Sadako estava no hospital, uma amiga trouxe-lhe alguns papéis coloridos e dobrou um pássaro, um Tsuru, contando que é sagrado no Japão, vive mil anos e tem o poder de conceder desejos. Se uma pessoa dobrar mil Tsurus e fizer seu pedido a cada um deles, o pedido será atendido. Sadako começou então a dobrar Tsurus e pedir para sarar, porém sua enfermidade se agravava a cada dia. Sadako então desejou pedir a Paz Mundial. Dobrou 964 Tsurus até outubro de 1955, quando morreu. Seus amigos dobraram os Tsurus restantes a tempo para seu enterro. Mas eles queriam mais, pediram por todas as crianças que estavam morrendo em conseqüência da explosão da bomba atômica. E resolveram se unir para construir um monumento.
Estudantes de mais de 3.000 escolas no Japão e de 9 outros países contribuíram e, em 5 de maio de 1958, o Monumento da Paz das Crianças foi inaugurado no parque da Paz de Hiroshima. Todos os anos no Dia da Paz (06 de Agosto) pessoas do mundo inteiro enviam Tsurus de papel para o Parque. As crianças desejam espalhar ao mundo a mensagem esculpida à base do monumento de Sadako:
Este é nosso Grito
Esta é nossa oração:
Paz no mundo

Você também vai se divertir em…

Bancos para os pequenos

Palavras para Isabella

Origamis de Gogó 2


Read Full Post »