Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Canecas’

DSCN3839

Emília Wanda, vira e mexe, passa por aqui. Inventadeira, está sempre criando moda. Cerâmica costuma ser seu canal mais conhecido, mas ela adora investir em novidades.

DSCN3841

Assim, ela partiu para a técnica do empapelamento e modela com papel velho aquilo que quer representar. O próprio papel, depois, vai revestir a estrutura inicial até adquirir a forma desejada, como simpáticos coelhos de Páscoa que podem levar ovos ou balinhas, e pequenas esculturas que carregam mensagens personalizadas: um bicho de estimação amado, um hobby, um jeito de ser. Reciclagem, consumo consciente e artesanato – combinação que eu admiro.

11082875_901579829862504_868764369_n

FullSizeRender_1

Os pratos e canecas personalizados continuam brotando das canetas, cores e pincéis. E das histórias que filhos e netos que querem presentear familiares, contam para Emília Wanda.

DSCN3847

DSCN3848

DSCN3850

FullSizeRender

Ela combina muito com a campanha de economia de plástico nos ambientes de trabalho. A proposta é: adote uma caneca!

21986_891319054244852_7618879952326772477_n

1980265_911431662210654_8959378700775025121_o

Outra novidade fresquinha são desenhos com a cara e vida do desenhado, seguindo a nova tendência do “colorir para relaxar”. Dá para encomendar, acredita?

11118349_904691839551303_416696794399661337_o

Com tantos recursos, Emília Wanda tem uma proposta linda: realizar projetos pessoais. Você quer fazer as lembrancinhas do aniversário do seu filho? Um presente que seja pensado especificamente para alguém e que o represente de modo especial? É essa a ideia: Emília Wanda te ajuda nesse percurso de criação, na busca e construção de um projeto: cerâmica, desenho, escultura, desenhos no papel, porcelana. Você vai achar o teu canal para demostrar teu amor, alegria, apreço, interesse. Com algo que você fez.

Para o Dia das Mães, então, presente super! Você pode fazer (ou encomendar, ok) um prato com a árvore genealógica da família, uma caneca só para ela, um desenho personalizado para ela colorir, uma escultura que represente algo de ela gosta muito… Pense nisso, porque tempo, dá!

Quer falar com ela? emiliawanda@yahoo.com.br

Emilia Wanda faz dupla com o Renê, pintor que admiro muito e sobre o qual falei aqui: As telas de Renê

Você também vai gostar de…

DSCN2118

A delicada arte do recorte

PicMonkey Collage2Eu compro de quem faz

DSC_0183 Eu não falei?

DSC03660Desenhar

Anúncios

Read Full Post »

Para que tudo isso? Já fiz essa pergunta por aqui e eu mesma respondi que das coisas que temos em excesso, muitas têm motivos sentimentais para se tornarem intocáveis: “Isso ninguém tira daqui, e ponto”. São objetos que nos foram dados ou pertenceram a pessoas que fazem parte de nossas histórias ou que compramos em dia-local-companhia especiais. Como diriam minhas amigas psicólogas, são coisas que significam. Têm um sentido para quem as guarda, protege e exalta, pequenos altares emocionais onde habitam os valores de cada um, formas de respeitar as memórias daqueles que as fizeram, presentearam ou apenas deixaram quando se foram.

Aquilo que hoje guardo e cuido, ficará. Será que fará parte da história de alguém?

Minhas madeiras com história, no momento têm como artista principal essa caixa do faqueiro de minha avó. Quando fomos, meus irmãos e eu, ver o que havia ficado em sua casa, essa caixa estava lá, largadinha, sem o faqueiro que foi se perdendo pela vida. Caixa grande com um verniz que resolvi eliminar  e descobri uma madeira linda por baixo. Agora vai ser pintada e valorizada. Bem-vinda, caixa de faqueiro da minha avó. Isso ninguém tira daqui, e ponto.

E aqui a caixa já com sua nova fachada.

Caixa antiga com cara nova.

Mesa de canto antiguinha que ganhou cores e flores:

Baú que meu avô construiu. Faz tempo que fiz os girassóis, de que nem gosto mais. Hora de rever a história.

Canecas também têm história. Pelo menos na minha casa. Elas vão se acumulando, uma porque eu trouxe da viagem dali, outra de uma viagem de lá, uma porque ganhei dos filhos, duas porque são as preferidas do marido, uma ainda porque só naquela consigo tomar o café perfeito. É, como eu sempre digo: cada um do seu jeito, cada um com sua história.

Você também vai gostar de …

DSCN2177c

Casa com história

Madeira em flor

Arte no atelier

Read Full Post »