Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Bandejas’

O verão aqui no sul, esse ano, foi… verão! Pouca chuva, muito sol, inacreditável. O lado bom é que aproveitamos muito a praia. O lado ruim é que, sem chuva nem dias sorumbáticos, pouco tempo sobrou para inventar artes pela casa. Mas algumas coisas se realizaram…

Novamente, saí catando madeiras que o mar trazia. Com tanto sol, elas secam rapidinho.

DSC03938

DSC03990

DSC03991

Pintei um banco para a casa nova da Claudia. Todo emplumado porque foi um presente.

DSC03953

IMG_1080

E a bandeja que começou a nova tendência de cashemiras.

DSC03945 DSC03946

E ganhei da minha tia Doris, uma graça de toalha com pintura em tecido.

DSC03993

De resto, descanso, andar na areia, sol e muita leitura. Para que mais?

Você também vai gostar de …

DSC03380É pau, é pedra

DSCN1446Meu mar

DSCN3151aPinturinhas de praia – 1

Anúncios

Read Full Post »

DSC_0203

Quando fui para a praia nesta temporada, tinha algumas coisas a serem pintadas. Levei pincéis, tintas, modelos de desenhos, carbono, borracha, fita crepe, peixe e papagaio… Uma mudança. Aí, veio o desastre: o verniz que estava na bolsa com todo esse material, inclusive a bandeja que seria pintada, abriu e provocou uma esbórnia. O mdf da peça inchou, embolotou, quase motivou uma eliminação na lata de lixo, pois os desenhos que tinha pensado para ela não seriam mais possíveis. Mas fazer bobagens leva a adaptações: tive que improvisar. Olhei no meu próprio blog os desenhos que tinha feito em caixas e resolvi aplicar na bandeja. Ficou tão lindo que foi a primeira de muitas!

DSC_0220

DSC_0201

DSC_0215

DSC_0207

Você também vai gostar de….

DSCN1251Borboletas – Nem tudo dá certo

Captura de Tela 2011-09-01 às 07.18.22Bandejas e apetites

Inspiração indiana

Read Full Post »

Borboletas são assunto recorrente em artesanato. Difícil não ter pintado meia dúzia delas quando se fala em decorar madeira, tecido, papel. Elas são irresistíveis, pelas formas, cores, leveza.

Também já me aventurei com borboletas e geralmente dá certo. Mas nem sempre…

Primeiro, uma caixa que deu certo.

O relevo.

E aí vem o fiasco… Uma bandeja que começou bem, borboletas em relevo, branco no branco, tudo de bom.

E então resolvi craquelar. Porque ninguém me impediu? Preciso me consultar com minha assessora-para-assuntos-de-craquelamento (minha mãe). Acabei com a bandeja.

Para arejar minha mente irritada, deixo aqui essa imagem de uma escultura de David Kracov, sobre a qual você encontra mais informações aqui.

Você também deveria conhecer…

Detalhes de uma casa de passarinhos

Captura de Tela 2012-06-10 às 19.40.08Muitas

Nosso artesanato na Grécia

Read Full Post »

A cada ano que passa, consigo fazer alguma coisa em madeira para minha própria decoração de Natal. Gosto tanto delas que me dá pena deixá-las escondidas durante os outros 11 meses…

Com esses pratos enfeito minha porta.

Inspirados em um antigo catálogo da Unicef.

Esses sous-plats uso para servir queijos, panettone ou a Crostata da Ângela, cuja receita está nesse post da minha filha Marina. Quando fizemos para o blog dela, ficou lindo de morrer. O que aparece nesse post, que fiz sozinha, ficou pra morrer de feio… Mas uma delícia!

Para ficar mais fácil ainda, dá para ver como fazer no vídeo dela. Aproveita, dá um like e assina o canal. Comendo a crostata , é claro.

Crostata da Ângela – com geleia de damasco. Mas dá para fazer com geleia de morango, goiaba, amora….

Crostata da Ângela

200g de farinha de trigo

100g de manteiga em pedaços

50g de açúcar

2 gemas

Geléia a gosto (damasco, morango, uva, amora…)

Raspas de limão

Pitada de sal

O modo de fazer, com um belo passo-a-passo, você encontra aqui.

Você também pode gostar de…

Nosso artesanato na Grécia

Natal!?

Lembra?

Read Full Post »

Você tem fome de que? Quem vive de dieta (tem alguém aí que nunca lida com controle, excessos e culpa quando se trata de alimentos?) deve estar pensando em pratos de macarrão, fatias de bolo ou pizza, barras de chocolate, sanduíches transbordantes. Mas fome pode ser bem mais abrangente. E necessária. E fundamental para viver.

É a fome de viver mais um dia que te tira da cama todas as manhãs. É o apetite pelas coisas novas, pelas companhias antigas, pela colheita de resultados que te impulsiona para a frente. Desejos, sonhos, projetos são os alimentos que enchem a despensa dessa fome. E é desse apetite que nos movimenta que precisamos imbuir nossos filhos, frutos de uma geração que teve algo entre muita sorte e muito azar, de ter tudo mais fácil, mais rápido, menos esperado e menos sofrido. Para serem felizes, que tenham fome, que tenham sede, que corram atrás, que lutem com voracidade por seu lugar no mundo, que saibam saborear suas conquistas. Sobre esse assunto, se quiser ler um texto longo, mas imperdível, da Eliane Brum, entre.

Essa imagem e poesia de Fernando Pessoa vieram da Melina e seu gracioso blog.

 Às vezes me esqueço que esse blog originalmente fala de artesanato. É hora de mostrar ao menos uma coisinha… O assunto é fome, apetite, alimentos e a associação natural com nossas artes seriam pratos (que já mostramos aqui) e bandejas. A elas, então.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Imagens de comida: www.markroperphotography.com/ Pinterest/ WeHeartIt

Mais em…

1185066_558551274203041_962401353_n

A falta que me faz

Humores

Pontos fortes

Read Full Post »

O ócio nos faz ficar meio criativos. Como meu cunhado Fabrízio, além de bom escritor, adora pequenas lidas em marcenaria, aproveitamos e nos divertimos. Há algum tempo, as esquadrias de algumas janelas da casa foram trocadas e devidamente guardadas. Escolhemos as melhores, lixamos, limpamos e transformamos em espelhos pela casa afora.

Fabrízio encontrou uma mesa de centro jogada fora por algum grego sem imaginação. O tampo de vidro estava quebrado e ele colocou um de MDF. Pintei, desenhei e cada membro da família personalizou seu peixe. No centro, o desenho da Terra, com os dizeres “Muitos países, muitos mares, uma mesma família”.

Também temos artesanato nosso trazido do Brasil para a Grécia. Bandejas enfeitam e são diariamente usadas para o café da manhã no pátio.

Prato da Raquel com azeitonas pretas. Super grego.

Aqui tem vento. Muito. O que é muito bom por um lado porque despista o calor, mas também torna os jantares que sempre acontecem no pátio fora de casa, verdadeiras provas de como não ver seu guardanapo sair voando ou manter seus cabelos longe da boca ao saborear uma garfada. Os guardanapos resolvemos com pedras. Cada um pintou a sua e a usa para mostrar ao vento quem manda. Funciona e é bonitinho. O cabelo? A solução é jantar de rabo-de-cavalo e tiara. Louca de linda.

Como comentei antes, outra coisa que temos aqui, é tempo livre. Então, jogar gamão combina muito bem.

Também tem o prato da família, feito pela Emília Wanda. E que tal ter uma foto do seu casamento em um porta-retrato em uma casa na Grécia? Eu ainda acho o máximo. Nada de perder a capacidade de valorizar as coisas boas que nos acontecem.

Você também vai gostar de…

DSC01093aMadeira na Grécia

Bancos de madeira

Detalhes nas caixas de madeira

Read Full Post »