Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Verão’ Category

Fazendo parte do projeto pessoal Reviva Casa da Praia, resolvi reanimar um canto abandonado da sala. Ali morava uma cadeira onde ninguém sentava. Casa antiga, a questão tomadas era delicada: uma só, na sala inteira. Dá para imaginar o quanto a pobre era abusada, nesse novo mundo de TV, DVD, telefone, modem e abajur… A solução foi criar novas tomadas,  “puxando” de outros aposentos. Sim, canaleta externa, fazer o quê?

O fato é que um novo canto, agora com tomada, precisava de objetos novos. E eu, que prefiro luzes indiretas, decidi que precisava ser uma mesa que abrigasse esse novo ponto de luz. E precisava ser uma mesa de um jeito bem específico, porque eu tinha decidido e pronto. Só que era caro. E eu não queria gastar muito. Assim, mandei fazer a mesa no marceneiro que também faz os nossos bancos. Saiu beeem mais barato e aí foi só descobrir como fazer para ficar daquele jeito com o qual eu tinha encasquetado. Olhe a mesa e, se interessar, o passo a passo está descrito logo abaixo.IMG_5501 2

IMG_5490 2

IMG_5538

Observe o banquinho embaixo da mesa feito por minha mãe. E, não, eu não lembrei de tirar uma foto descente dele…

PicMonkey Collage

É louco de fácil:

1. Tingir a madeira na cor que preferir (essa está na cor tabaco), pois ela vem na cor do pinus natural, aquela que está atrás da mesa na primeira foto.

2. Crie tábuas desenhando no tamanho que desejar, com lápis branco.

3. Passe uma vela, sem grandes métodos, pela área que será pintada (é nessas partes com a cea que, ao lixar depois, ficará aquela aparência de patinado).

4. Pinte das cores que desejar.

5. Depois de seco, lixe com lixa fina, na medida do desgastado que pretende.

6. Nessa mesa, finalizei com cera, passada em todo o tampo. Se quiser um aspecto mais envelhecido, misture a cera com betume. Quando estiver bem seco (leva uns dois dias), lustre com bombril e talco. Se preferir, ao invés da cera, também pode finalizar com verniz acrílico fosco.

A temporada também rendeu a pintura de mais um pedaço de madeira recolhido no mar. E a inspiração veio do Pinterest, o melhor amigo das mentes copiadoras.

FullSizeRender 4

il_570xN.419440168_h69a

Você também pode gostar de…

DSCN3167Pinturas de praia

DSCN2990aMesa para criança

DSC03872Um tábua, um centro

Anúncios

Read Full Post »

DSC02917a

Mesmo cercada de água por todos os lados como toda ilha que se preza, nessa ilha grega sob um sol escaldante, pouco verde resiste. Por falta de água, veja que contraditório.

DSC03039

Árvores teimosas de figos ou amêndoas, alguns arbustos empoeirados, bouganvilles resilientes e só. Era assim também na casa onde ficamos: um jardim seco de dar dó com algumas plantas espalhadas pelos cantos. Meio desértico mesmo. Aí, no ano passado resolvemos contratar um jardineiro e sua tecnologia de irrigação bem aplicada. E… voilá! Um jardim se fez! Com doses adequadas de água, as flores, oliveiras, frutas e temperos estão agora ali para nos lembrar o quanto a vida pode ser surpreendente.

DSC02610

DSC00740

DSC02695

DSC02721

Flor da alcaparra.

Me faz pensar em nutrição. Em fome. Em que cada um de nós precisa de diferentes coisas para crescer, para se sentir bem e vivo. Uns precisam de comida, de calor, de atenção. Ou de família, de colo, abraço, de ser ouvido, de ser visto. De companhia, de solidão, de carinho, de disciplina. De trabalho, de tempo, de silêncio, de luz. De paz.

teardrops_of_the_grass_by_fakkker-d5jc2yu_large

E você, já pensou no que te faz florescer? E as pessoas que estão do seu lado? Se nutrem do quê?

Você também vai gostar de…

Captura de Tela 2011-09-01 às 07.18.22Apetites

Captura de Tela 2013-03-03 às 10.27.54Surpreendo-me

Captura de Tela 2011-10-31 às 18.55.49Fazer o que gosta – todos os dias

Read Full Post »

Minhas férias de verão se passam, desde que nasci, em Santa Catarina. Como boa praia que é, faz calor e precisamos inventar comidas frescas e fáceis, que não tirem a gente nem um minuto do sol que anda cada vez mais raro por aqui no verão (ele prefere aparecer todo pimpão no outono, vá entender).

Em todo caso, aqui vai uma receita de Abobrinhas Caprichadas, fácil e gostosa.

Abobrinhas Caprichadas

Ingredientes
1 abobrinha grande
2 tomates
Queijo branco, queijo minas ou mozzarella de buffala
2 colheres de sopa de parmesão ralado no ralo grosso
Azeite de oliva
Sal a gosto

Modo de fazer: Corte a abobrinha em rodelas de mais ou menos 1 cm de espessura. Em uma frigideira larga e de fundo grosso, regue um pouco de azeite e disponha as abobrinhas lado a lado, até cobrir o fundo. Leve ao fogo e deixe dourar. Regue com mais um pouco de azeite, salgue esse lado das abobrinhas e vire-as, até que dourem do outro lado também. Sobre cada rodela de abobrinha, coloque uma fatia de tomate, também cortadas com 1 cm de espessura. Regue com um pouco de azeite de oliva e ponha sal nos tomates também. Quando eles estiverem quase macios, coloque em cima de cada um, um pedaço do queijo branco que escolheu usar. Por cima, jogue o parmesão ralado. Desligue o fogo e tampe a panela por alguns minutos, para a abobrinha “suar”. A operação toda leva uns 15-20 minutos. Sirva com fatias de pão italiano tostado com azeite de oliva em uma panela ou no forno e com uma saladinha de folhas verdes. Delicioso e refrescante.

E aqui um belo vídeo sobre Santa Catarina. É quase uma sessão da tarde de tão comprido, mas vale a pena para quem quer conhecer ou rever um lugar muito bonito.

Você também pode gostar de…

Grécia – As cores, as flores

Roma – Dicas de um romano


Read Full Post »