Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Porcelana’ Category

Como sou fã da ideia do Compro de quem faz, compartilho o conceito: podemos presentear objetos menos industrializados, valorizando produtos praticamente exclusivos. Conheça artesãos e ateliers que já andaram por aqui e encontre algo bonito e personalizado para um presente diferente.

Bárbara faz bichosbolsasdeáguaquente. E muitas outras coisas de tecido.

1013479_493780084031792_248259089_n
As coisas de pano de Barbara

A Bárbara também teve essa ideia linda: juntar livros e bonecos. Nesse caso, o meu A Coceira de Bartolomeu (que também é uma boa ideia de presente!) acompanhado de um boneco para contar a história ou, simplesmente, abraçar e sonhar.

E você pode escolher o personagem de história que seu filho ama para virar boneco!

Da mesma família e com talentos manuais também (faz ilustrações lindas!), a Águeda Horn pinta essas colheres de pau personalizadas. A da minha cozinha ficou um charme.

Gogó continua fazendo dobraduras sensacionais.

DSCN3578    Mais origamis de Gogó

Os pratos rendados da Rosana Erci. Você pode marcar um prato para sempre com uma toalhinha de renda. Aqui também.

DSCN3551

Contar uma história através de um recorte, único e sensacional, da Malu Scheleder. Aqui.

DSCN2118

A delicada arte do recorte

Lenços artesanais, de seda, lindos. As cores… veja aqui. Da Liane Mestrinho.

A cor da seda

Verônica faz esses desenhos lindos em livros antigos. Combina muito com a Freguesia do Livro, por isso, adoro.

Colares e cerâmicas da Ocléris. Sucesso na certa. Conheça seu quintal e sua arte aqui.

Quintal e cerâmicas

Emerson está cheio de bons presentes: cadernos, caixas, tudo feito com papel. Conheça a cartonagem do Emerson aqui.

Emerson e cartonagem

Por ser totalmente apaixonada por caleidoscópios, teimo em pensar que todos adorariam ganhar um. Heidi faz caleidoscópios lindos. Sugestão aqui.

Um caleidoscópio para chamar de seu

Um desejo de boa sorte, tem presente melhor? Caixinhas com bulbos de trevos de 4 folhas. Veja aqui.

Raquel faz coisas lindas em cerâmica corda-seca. Quem sempre está visitando o ArteAmiga a encontra bastante por aqui. Porque ela é  craque e porque mora no meu coração. Veja algumas coisas da Raquel aqui e aqui.

DSC04707

Que bolo, que prato!

Se você prefere telas, conheça o trabalho do Renê Tomczak. Aquarelas e pinturas a óleo, veja aqui.

As telas de Renê

Pratos e canecas personalizados feitos pela Emília Wanda: emiliawanda@yahoo.com.br e aqui

col

Emília Wanda

Rebeca faz jóias lindas com recorte a laser. E deve estar cheia de novidades, pois vive criando.

DSCN2879
As joias contemporâneas de Rebeca

Hélio Leites está na Feira de Artesanato do Largo da Ordem-Curitiba, todos os domingos. Ainda dá tempo de ir escolher alguma de suas peças na sua banca. Veja alguns exemplos aqui.

Artemista, atelier da Suzana Cavalheiro cheio de boas ideias de presentes.

Madeira, porcelana, faiança, sachês. Vale a pena visitar.

Uma curitibana por adoção, que ensina a escrever e escreve que é uma beleza, se descobriu pintora nos encontros com os Croquis Urbanos. Adora sombrinhas e, criativa, decora-as ao gosto do cliente. Doralice Araújo: aqui

10841770_406947969469426_4413203517245501172_o

Bancos e banquetas. Para crianças, para enfeitar a casa.  Aqui e aqui.

Bancos e mais bancos

Camisetas. Aqui e aqui.

DSCN3387

E uma caixinha cheia de trufas da Siomara? Veja aqui como são apetitosas e encomende aqui.

E que tal presentear a possibilidade de desenhar, sabendo ou não? Esse caderno da Flávia Sherner proporciona isso. Aqui.

Uma mensagem ecológica: sacolas retornáveis. Presente que tem uma sugestão de carona: use menos plástico!

Necessaires, bolsas, almofadas…. A Chris cria de tudo. Encomende, chega rapidinho. Aqui.

Você também pode gostar de…

DSCN1168Gravando! Doce em vídeo

Captura de Tela 2013-03-03 às 10.24.34

Surpreendo-me

DSC03307Pedras pintadas

Anúncios

Read Full Post »

Continuando meu resumo de visitas feitas, artistas que admiro.

Raquel sempre tem coisas que eu adoro ter e mostrar. A última visita foi essa aqui.

DSCN2383a

As cerâmicas de Raquel.

O Hélio dispensa comentários. Mas as obras dele são assunto sem fim.

DSC01278

Hélio Leites

Rebeca faz jóias lindas com recorte a laser. E deve estar cheia de novidades, pois vive criando.

DSCN2879
As joias contemporâneas de Rebeca

Bárbara faz bichosbolsasdeáguaquente. Eles são o máximo de fofura e quentura.

1013479_493780084031792_248259089_n
As coisas de pano de Barbara

Mais uma visita à Artemista e sua infinidade de ideias de artesanato.

DSCN3695
Artemista em linhas

Você também pode gostar de…

DSCN2581Poty por aí

PicMonkey CollagecRato de biblioteca

DSCN0700Calendário Curitiba

Read Full Post »

Continuando as dicas para um Natal que valorize os produtos artesanais, aqui mais algumas ideias de presentes legais.

Raquel faz coisas lindas em cerâmica corda-seca. Ela  é craque e mora no meu coração. Veja algumas coisas da Raquel aqui e aqui.

E se você quiser juntar duas boas ideias em um só presente, coloque o trevo da sorte  em um vasinho da Raquel. Sucesso garantido.

Se você prefere telas, conheça o trabalho do Renê Tomczak. Aquarelas e pinturas a óleo, veja aqui.

Se gosta de feltro, entre em contato com a Claudia. Tudo lindo. Conheça o trabalho dela aqui.

Mais longe, mas chega em tempo se você se organizar agora: sapatinhos de feltro da Leila. Dá uma olhada aqui.

Hélio Leites está na Feira de Artesanato do Largo da Ordem-Curitiba, todos os domingos. Ainda dá tempo de ir escolher alguma de suas peças na sua banca. Veja alguns exemplos aqui.

Encadernações lindinhas da Lu Picoral. Veja aqui.

Você também pode gostar de…

Poty por aí

Como vivíamos sem?

Para que tudo isso?

Read Full Post »


Já vou avisando que vou me contradizer.

Estou sempre dizendo aqui que não devemos guardar coisas que não são mais úteis ou são demais. Essas podem ir embora para servir a outras pessoas ou se transformar em outras coisas. Mas também deu para ver que sou nostálgica, falo de meus pais, da casa de meus avós, de tempos idos e lembranças boas; valorizo móveis de família, acumulo álbuns de fotografia.

É contraditório? Mais ou menos. Porque tem coisas que simplesmente precisam ficar. Ficar para a gente poder recordar algo ou alguém. E depois, ficar para que se lembrem da gente.

Nessa categoria de coisas guardáveis, longa lista se forma:

Receitas. Quantas coisas cozinhamos com receitas de avós, tias, mãe? Sabores e aromas que nos lembram de pedaços de nossas vidas? E as receitas que fazemos e vão se tornando a nossa cara, a Nêga Maluca da Jô e da Dóris, os bolos da Christa, o Moussaka da Despina, as tortas salgadas da Angela, o cozido da Mari, o quibe do Eros, o tiramissú da Nizza, a pizza do Tino? Receitas precisam ser guardadas. Fim de papo.

Móveis, louças, objetos. Se estão ainda hoje na sua casa é porque pertenciam a alguém com quem você se importava. E ao usá-los, eles cumprem o seu papel: te lembram do dono anterior.

A história dessa caixa está aqui.

Cartas. De amor então, nem se fala. Aqui em casa estão guardadas as muitíssimas cartas escritas em dois anos anos de namoro no eixo Brasil-Itália, na era pré-internet e de preços exorbitantes de chamadas telefônicas (se disser que tinha até telefonista envolvida nisso, vão perceber que já faz algum tempo…). Estão socadinhas em uma enorme caixa nada charmosa, mas ficam.

Desenhos e lembrancinhas dos filhos pequenos: eles crescem, minha gente, e rápido. E tudo aquilo que a gente achava inesquecível e permanente, vai se diluindo com o tempo. Guardar desenhos, frases e detalhes de infâncias tem um grande valor para eles quando crescem e para nós quando os vemos adultos.

Fotografias: quem não guarda? Só quem tem um coração de pedra. Álbum, arquivos de computador, porta-retratos, caixas de sapato… Vale tudo. Mas, uma dica: coloque datas, nomes, o que era e onde foi. Muitas informações se perdem quando os donos das fotos se vão e ficamos com imagens indigentes…

Para concluir, um achado. Um livro que permite que avós deixem sua história para seus filhos e netos. Achei num sebo, só trouxe para fotografar e já preciso devolver. Mas vou procurar. As avós de meus filhos são pessoas especiais e inesquecíveis, já deixaram suas marcas nos corações e memórias dos netos, mas poder rever a própria história é um exercício importante que todos deveríamos ter a oportunidade de fazer.

 

Tinha mentido. Só agora vou concluir com a foto do melhor colo do mundo. Como não guardar?

Para saber mais sobre o livro, entre aqui.

Também pode gostar de…

Um leão para um bebê

Sempre aprendendo

Lembra?

Read Full Post »

Pratos são práticos, funcionais e decorativos. Quem vive sem eles? Na Itália existe uma tendência pelo uso de pratos de papel… Eles podem ser lindos com suas mais diversas estampas que combinarão com qualquer coisa que a gente inventar servir, além de práticos, pois não precisam ser lavados, apenas descartados. Mas sou preocupada demais com produção de lixo para entrar nessa. Prefiro os pratos de porcelana, de cerâmica, de madeira, que duram eternidades e permitem criar jogos e combinações com sousplats e guardanapos (outra mania).

Este slideshow necessita de JavaScript.

No site da Casa e Jardim você vai ver algumas ideias para usar pratos na decoração.

E no A Plate a Day, como o próprio nome diz, a autora mostra um prato por dia. E ela está no 669… E já que você está passeando, aproveite e veja os pratos da Cynthia no Papegilla (não esqueça de dar uma olhada nos passarinhos…). Para finalizar, veja nosso post sobre Caleidoscópios, onde mais dos nossos pratos aparecem.

Pratos combinam perfeitamente com bolos, portanto te convido a visitar esse passo a passo para um Blueberry Crumb Cake no blog da Marina: www.doceconfissao.wordpress.com

Esse prato pintado pela Mari no atelier da Magda ficou lindo e o pudim de leite (clássico dos clássicos) tem a receita logo abaixo.

Pudim de Leite

1 lata de leite condensado

1 latas de leite

4 ovos

3 colheres de sopa de conhaque

Coloque 3 colheres de sopa de açúcar em uma forma com furo de   cm, leva ao fogo para caramelizar. Coloque todos os ingredientes em uma tigela e bata suavemente com o fouet. Coloque a mistura na forma e essa, por sua vez, em uma panela com água quente sem encostar no fundo. Cubra com papel alumínio e leve ao forno médio por 45 minutos. Retire o alumínio e deixe mais 10 minutos no forno (ou até ficar um pouco firme). Desenforme depois de esfriar. Derreta o açúcar que tiver ficado no fundo da forma com um pouco de água ou suco de laranja e jogue por cima do pudim.

Outros pratos  e delícias em…

DSCN1776

Torta de requeijão 

Um prato, muitas receitas

Imagens de um bazar

Read Full Post »

Já que começamos a falar de personalização, vamos adiante. A graça do artesanato, nem sempre possível nos produtos industrializados, é a possibilidade que o consumidor tem de sentar na frente do artesão e dizer: “Está vendo essa cor azul nessa lista? Eu quero que seja vermelha”. Ou aquele que pega uma enorme caixa de madeira e diz: “Quero esse mesmo desenho, só que numa caixinha bem pequena, para guardar brincos”. Ou a amiga que gosta de um pano de prato que comprou e quer uma caixa com o mesmo desenho. E a gente consegue fazer bem ao gosto do freguês!

E nada me;hor que presentear com artesanato!

A Emília Wanda é craque em personalizar:

Pratos comemorativos.

Canecas com o nome e preferências do dono.

Árvores genealógicas. Quem não gosta?

DSCN2222a

Árvore genealógica. Avós adoram.

Contador de histórias. Para cada criança, com o seu mundinho.

DSC04463

Para uma loja de tapetes lindos.

Para um fotógrafo.

A caixa que nasceu de um pano de prato.

Placas personalizadas para bebês. Da Mari.

Raquel personaliza números de casas.

Número ao gosto do freguês. Raquel.

Uma caixa personalizada para um restaurante.

Chá na Gepetto Pizza & Cucina.

Mais personalização em…

DSCN1681

A poesia de Emília Wanda

11082875_901579829862504_868764369_n

Os projetos de Emília

Detalhes

Read Full Post »