Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Passo a passo’ Category

DSCN3387

Dando continuidade à saga Snoopy…

Diversos destinos me fizeram pintar várias camisetas do Snoopy ao mesmo tempo. Nem tudo deu certo, manchei uma e tive de tapear com corações, sujei com tinta para tecido (que não sai nem lavando com ácido) uma roupa querida que estava usando.

Mas me diverti, como sempre. Pronto, já valeu a pena.

DSCN3392

Corações para tapear mancha…

DSCN3382

DSCN3384

O processo todo:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Você também pode gostar de…

DSCN2420Camisetas na Grécia 

j2aSobre nome

DSCN1421Arriscando em aquarelas

Anúncios

Read Full Post »

Continuando a conversa sobre inspirações, resolvi mostrar um processo completo.

A camiseta aqui mostrada foi comprada em uma fábrica de biquínis de Gaspar/SC, para a Jessica. Vou confessar aqui que a compra tinha segundas intenções: já imaginei o desenho em uma caixa. Assim, antes de entregar o presente, fiz uma coisa que parece estranha, porém necessária: tirei uma fotocópia da camiseta.

A Jéssica apreciou a blusinha e eu fui em frente. Passei o desenho na caixa.

Colori, usando cores semelhantes ao original.

Finalizei. Envernizei. Pintei os detalhes de dentro. Coloquei a fechadura.

Bacaninha, não? Inspiração está em toda a parte, basta a gente estar atenta.  E essa foto é dedicada à Marina, que está em Nova Iorque e tenho certeza que se torce de saudades da Luna. Beijos, minha filha.

Você também pode gostar de…

Reutilizando +

Arriscando aquarelas

Detalhes de todas nós

Read Full Post »

Minha filha já contou que ganhei a ideia, a vontade e o próprio blog dela no Dia das Mães do ano passado. Desde então tenho me divertido muito aqui. Agora vou pegar mais uma carona numa ideia da Marina.

Como boa parte da diversão de ter um blog é falar sobre ele, percebi que para finalizar essas conversas precisava ter um cartãozinho com o endereço do ArteAmiga. Mas tinha que ser artesanal, barato, em pouca quantidade (ainda não atingi multidões) e bem bonitinho.

A solução foi simples. Começa com um documento em Word, onde você faz uma tabela que ocupe toda a página com o tamanho do cartão que vai querer. Coloque ali as informações que quer passar.

Feito isso, hora de gastar o único dinheiro envolvido nessa obra. Dirija-se a uma loja de scrapbook, munida de muito poder decisório (porque dá até um nervoso de tantas opções) e escolha folhas que sejam: a) lindas, b) tenham  a ver com seu objetivo e c) tenham um lado bem colorido e outro claro e quase liso, para que o texto impresso fique visível.

Frente e verso.

Hora de imprimir. Corte a folha de scrap do tamanho de papel A4 e coloque na impressora.

Tamanho A4 para caber na impressora.

Folha impressa.

Com guilhotina ou caprichando na tesoura (lembre que estamos falando de pequenas quantidades), recorte seus cartões.

Recortar é uma delícia!

Minha linda filhota também me deu esse charmoso porta-cartões. Fica tudo fofo.

Porta-cartão tão florido quanto.

Ok. Você deve estar pensando  “e toda aquela conversa ecológica? O que ela vai fazer com o precioso papel de scrap que sobrou?”. Pois então. Nada se perde. Ele vai ser usado para fazer mais cartões, mais artesanais ainda, pois serão diferentes uns dos outros.

O que fazer com as sobras de papel?

Cartões artesanais sobre artesanato!

Por favor, se me encontrarem por aí, me peçam um cartão!!

Você também vai gostar de…

Captura de Tela 2011-11-05 às 16.35.11

Vida nova ao livro velho

Inspirado em Klimt

Caleidoscópios

Read Full Post »