Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Mosaico’ Category

A primeira vez que o vi foi na casa da minha mãe. Meu pai, muito antenado, comprou um exemplar na banca de revistas. Como sou apaixonada por Curitiba e por desenho, dá para imaginar que me encantei com a ideia. Fui atrás do meu e agora já tenho. Aliás, acho que esse calendário será um bom presente de Natal. Ou de Ano Novo. Com os desejos de um super 2012!

Nele aparecem ícones do turismo curitibano, como o Jardim Botânico, a Catedral, o Bondinho, o Museu Oscar Niemeyer, o Bosque Alemão, do qual já falei aqui. Para saber mais sobre o calendário entre em Trio Estudio Design.

Aproveito para mostrar aqui e agradecer a Zélia Bettega a linda caixa de mosaico que ganhei. Combinou perfeitamente com minha sala azul!

Você também vai gostar de…

1924995_677918328942120_138716967_n

O tempo, a fila, a dor

Nizza mosaico

Sonho coletivo

Anúncios

Read Full Post »

Alguém aí escapou de saber que sou fonoaudióloga? Durante mais de 20 anos atendi crianças com dificuldades de fala e linguagem, concentrando meu trabalho na Síndrome de Down. Sempre acreditei e investi na inclusão de todas as crianças na rede regular de ensino e para dar suporte à inclusão de meus pacientes, eu ia muito à escola de cada um e conversava com suas professoras. O discurso delas começava sempre parecido: “Mas ele não sabe isso… Ele não consegue aquilo… Ele não gosta de…”. Aí eu fazia uma pergunta bem simples: “E você sabe do que ele gosta, o que ele consegue, o que ele entende? Você sabe no que ele é bom?”.  No fim de nossas conversas, o foco da professora estava deslocado dos fracassos do aluno para o seu potencial. Para o que ele já sabia e que poderia ser aproveitado para ele aprender mais. Ela começava a ver o ponto forte da criança e a não ficar presa nas suas dificuldades.

Nós que aqui escrevemos e este texto lemos, podemos não ter nenhuma deficiência aparente. Mas ninguém é bom em tudo. E a boa notícia é que também ninguém é ruim em tudo. As inteligências múltiplas estão aí para comprovar que podemos ser craques em algumas coisas e um fiasco em outras (experimente colocar uma agulha e fio na minha mão e observe…). O lance é descobrir nossos pontos fortes e investir neles. Mudar o foco do “o que é bom para mim” para o “no que sou bom”. Com sorte, você vai encontrar algo que se encaixe nas duas categorias.

Algumas  artesãs aqui são o retrato de pessoas que acharam seus pontos fortes e se expressam através deles.

Nas pinturas em madeira.

Marina e seus doces.
Captura de Tela 2014-08-16 às 11.36.09

As ceramistas.

DSC_0346

DSC_0197

Emília e seus passarinhos.

DSCN1685

Todo mundo tem talentos e qualidades.

Uma boa notícia para encerrar:  mesmo que não esteja encontrando nenhum ponto forte se manifestando em neon dentro de você, lembre que a gente sempre pode aprender algo novo. Comece por algo que você simplesmente goste: comidas, pintura, fotografia, artesanato, dança, corrida, falar francês ou mandarim, jardinagem. Gosta mas acha que não sabe fazer? Vá aprender. Dê o primeiro passo.

Você também pode gostar de…

Cada um do seu jeito

DSCN3594Sempre aprendendo

Marcas

Read Full Post »

A Nizza tem tudo a ver com a Itália. É italiana, dá aula de italiano, faz mosaico com mármore da Itália e cozinha comida… italiana! E ela apareceu na televisão, dando a receita de Pesto Genovese. Aproveite. Os detalhes da receita você encontra na página Receitas. E logo abaixo uma amostra das suas artes em mosaico e vidro.

www.mosaiconizza.com

Você também vai ver a Itália em …

No coração de Roma

Roma – nem tão romântica assim

Read Full Post »

E as amigas continuam com um pezinho no artesanato!

Tivemos a visita da Mazé Mendes. Ela e a Magda criaram no atelier.

Visita ilustre da Mazé Mendes

 E é bom ver que nossas clientes concordam em não usar sacolas.

Sacola não, obrigada.

Outras artes em…

DSCN3578

Presenteie com artesanato

DSCN2332

Presentes feitos por você



Read Full Post »

Quem acompanha nossas conversas, já percebeu que somos várias amigas que fazem várias artes. Nos 3 meses de vida desse blog, muitos já nos perguntaram onde fica nossa loja e agora respondo oficialmente: não temos loja. Cada uma tem o seu atelier em casa e todas nos reunimos de vez em quando para fazer um Bazar.

É divertido. É mais ou menos como fazer feira:  monta stand, carrega produtos, dispõe tudo bem bonitinho e desmonta tudo no final. Com a diferença que a gente faz isso duas vezes por ano, enquanto feirantes têm essa dura tarefa diariamente. Palmas para eles!

Algumas imagens de Bazares de outros tempos.

Feira de Santa Rita. 2000 e alguma coisa.

No Graciosa. 2009.

No Graciosa.

No Graciosa. Chá da Tarde.

No Schimmel. De tudo um pouco. 2009.

No Schimmel. Emília Wanda e encadernações do Emerson.

No Schimmel. Mosaicos da Nizza.

No Schimmel. Bijoux e detalhes. Da Carminha.

Madeiras da Christa e da Jô. Tampo de mosaico da Nizza. Cerâmicas da Raquel.

No Schimmel. Panos Divertidos.

Mandalas da Diana.

Read Full Post »