Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Jarras’ Category

Acredito firmemente que todo mundo tem talentos. Talentos evidentes, talentos a serem descobertos ou desenvolvidos. Com a Internet então, tudo está a um toque de Google e… voilá! Instruções para virar talentoso nas mais diversas áreas. Manuais que nos permitem aprender a fazer de um prato de macarrão a bolonhesa a um foguete telecomandado.

O que torna então uma obra especial, diferente e apreciável? São seus detalhes, as evidências de que aquilo foi feito com cuidado e atenção, de que cada pormenor foi fruto da busca de qualidade. E que, como bom artesanato, é único.

Esse é o que considero o talento comum às diversas arteiras do ArteAmiga: a valorização dos detalhes.

A eles:

A rosa da Emília na jarra da Magda. Delicadeza.

Coração dá graça ao porta-talheres. Da Jô.

Tecido florido complementa a beleza dos passarinhos da Emília Wanda.

O avental da Panos Divertidos.

Detalhe do avental da Panos Divertidos.

A escolha dos melhores ingredientes. Detalhe fundamental para….

…o cupcake perfeito! Cheio de detalhes. Da Marina.

Pequenos detalhes compondo uma peça única. Da Carminha.

Mais detalhes e ideias em…

IMG_5538

Mesa de praia

DSC03304

Pinturinhas de praia

Banquinhos 

Read Full Post »

Desenvolver hábitos é uma coisa bem fácil. Basta a gente ganhar um presentinho, atribuir a ele uma função e… pronto! Transformamos aquilo em algo imprescindível!

Por exemplo, essa tigelinha da Raquel se tornou fundamental na minha vida e é um presente que adoro dar quando vou na casa de amigas. É um lugar perfeito para depositar todas as coisas que enfeitam uma mulher: colares, anéis, relógio, brincos. Não fica mais tudo espalhado sobre a pia do banheiro. Como vivíamos sem?

Nada espalhado na pia. O colar colorido é da Ocléris. 

Outra coisa que mudou a minha vida: essa tigela, espaço oficialmente reservado para tudo que meu marido antes distribuía por todos os cantos da casa (só o meu?): a carteira, o celular, o relógio e as chaves do carro (gostaria de saber como eles conseguem sobreviver com tão pouco – acho que tudo que carrego na minha bolsa é totalmente necessário…).

O canto do marido fica na sala azul.

Essas sacolas ecológicas feitas pelos Panos Divertidos, que podem ser dobradas e carregadas na bolsa. Me salvam da situação que acontecia com frequência: como sou totalmente contra o uso de sacolas de plástico e sempre esquecia as de pano em casa ou no carro, acabava saindo de padarias equilibrando pilhas de pães, frios e leite.

A sacola aberta.

Fechadinhas, cabem na bolsa.

Não ao plástico. O planeta agradece.

Elas também fazem um organizador de bolsas super-prático. A troca de bolsas para combinar com a roupa ficou mais fácil. E encontrar o celular lá dentro também!

Tudo organizado dentro da bolsa.

 Esse belo pote que abriga as colheres de pau que uso na cozinha e que mora bem ao lado do meu fogão. Da Raquel.

Colheres de pau à mão.

Jarras de cerâmica que podem ir ao micro ondas e voltar para a geladeira, com a calda chocolate para o sorvete das visitas. E ficam prontas e lindas para a próxima rodada. Da Magda.

Dá pra ver a rosinha na alça da Jarra?

 Aparelho de DVD, a televisão, a Sky ou Net… haja controle remoto. Esse suporte possibilita acondicionar essas geringonças com charme.

Porta controles-remoto.

Uma flor na janela. Quem mora em apartamento aprende a valorizar a cor que uma flor traz. Esse cachepô de mosaico é da Nizza.

Plantas em apartamento.

Bancos, bancos, bancos. Quem não precisa de um lugarzinho a mais na mesa, na sala ou ao seu lado no computador, para ver as belezas desse blog?

Um banco em cada canto.

Aventais temáticos. Para quem faz cupcakes, avental de cupcakes. Para o cabeleireiro que também é cantor de ópera, avental musical. Esses são da Ângela e Eloísa.

Barbeiro de Sevilha.

Caixas, caixas, caixas. Como podemos dizer que já temos que chega? Dê uma caixa a uma mulher e espere dois dias. Ela vai encontrar algo para guardar ali!

Caixas para todos os fins. Tem a de chá, de bijoux, de costura, de fotos, de Cds, de maquiagem…

Veja mais dicas e ideias em…

Captura de Tela 2012-10-18 às 10.31.17

Sacolas – Por que não??

Outras descobertas

Read Full Post »

Jarras, jarras, jarras…

Veja um pouco das jarras da Raquel, lindas e perfeitas para cremes, molhos, caldas, coberturas, sucos, chás, leite… Ou só para enfeitar!

DSC_2109

Raquel contato: página no Facebook – Raquelcerâmica

Aqui aproveito para comentar uma receita de uma daquelas coisas que foram inventadas para serem apreciadas em qualquer hora: torradinha de pão sírio. Como aperitivo ou para acompanhar patês, na frente da televisão ou para acalmar criancinhas famintas. Puro ou com alecrim, orégano, pimenta. Você escolhe. Mas tenha sempre uma lata cheia por perto.

Torradas de pão sírio

Ingredientes

Pão sírio (atualmente existem várias marcas, em restaurantes e supermercados. Pesquise a que mais se adapta ao seu gosto)
Azeite de oliva
Sal a gosto
Alecrim/ orégano/ pimenta preta moída na hora (opcionais).

Separe o pão sírio (ele vem fechado, separe um círculo do outro). Empilhe as folhas de pão e corte em pedaços que tendem à forma triangular – ou corte como preferir, podendo inclusive apenas rsgar os pedaços de pão. A forma não é importante!

Coloque os pedaços em uma forma de alumínio grande, espalhe-os e regue com o azeite. Pulverize com o sal e misture tudo com as mãos ou um garfo grande. Repita a operação. Leve ao forno, e com a ajuda de um timer (eu não confio mais na minha cabeça, esqueço tudo sem um timer), abra o forno a cada 10 minutos para remexer os pedaços. Forno  inicialmente em 180 C, após 20 minutos, baixar para o mínimo e deixar mais 20 minutos (misturando a cada 10). Se você optou por colocar alecrim ou orégano ou pimenta ou gergelim, deixe para adicionar o ingrediente nos últimos 10 minutos.

Mais cerâmica em…

Prato e bolo de amêndoas

DSCN0637

As cores de Raquel

Read Full Post »

« Newer Posts