Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Banquinhos’ Category

Fazendo parte do projeto pessoal Reviva Casa da Praia, resolvi reanimar um canto abandonado da sala. Ali morava uma cadeira onde ninguém sentava. Casa antiga, a questão tomadas era delicada: uma só, na sala inteira. Dá para imaginar o quanto a pobre era abusada, nesse novo mundo de TV, DVD, telefone, modem e abajur… A solução foi criar novas tomadas,  “puxando” de outros aposentos. Sim, canaleta externa, fazer o quê?

O fato é que um novo canto, agora com tomada, precisava de objetos novos. E eu, que prefiro luzes indiretas, decidi que precisava ser uma mesa que abrigasse esse novo ponto de luz. E precisava ser uma mesa de um jeito bem específico, porque eu tinha decidido e pronto. Só que era caro. E eu não queria gastar muito. Assim, mandei fazer a mesa no marceneiro que também faz os nossos bancos. Saiu beeem mais barato e aí foi só descobrir como fazer para ficar daquele jeito com o qual eu tinha encasquetado. Olhe a mesa e, se interessar, o passo a passo está descrito logo abaixo.IMG_5501 2

IMG_5490 2

IMG_5538

Observe o banquinho embaixo da mesa feito por minha mãe. E, não, eu não lembrei de tirar uma foto descente dele…

PicMonkey Collage

É louco de fácil:

1. Tingir a madeira na cor que preferir (essa está na cor tabaco), pois ela vem na cor do pinus natural, aquela que está atrás da mesa na primeira foto.

2. Crie tábuas desenhando no tamanho que desejar, com lápis branco.

3. Passe uma vela, sem grandes métodos, pela área que será pintada (é nessas partes com a cea que, ao lixar depois, ficará aquela aparência de patinado).

4. Pinte das cores que desejar.

5. Depois de seco, lixe com lixa fina, na medida do desgastado que pretende.

6. Nessa mesa, finalizei com cera, passada em todo o tampo. Se quiser um aspecto mais envelhecido, misture a cera com betume. Quando estiver bem seco (leva uns dois dias), lustre com bombril e talco. Se preferir, ao invés da cera, também pode finalizar com verniz acrílico fosco.

A temporada também rendeu a pintura de mais um pedaço de madeira recolhido no mar. E a inspiração veio do Pinterest, o melhor amigo das mentes copiadoras.

FullSizeRender 4

il_570xN.419440168_h69a

Você também pode gostar de…

DSCN3167Pinturas de praia

DSCN2990aMesa para criança

DSC03872Um tábua, um centro

Anúncios

Read Full Post »

DSC_0180

Essa ideia, a da familiaridade, tem me encafifado. Ela fala de família, mas não se restringe a isso. Você pode se sentir familiarizado  com gente que nem encostou no seu DNA, enquanto com outros que têm o mesmo sangue que o seu fervendo nas veias, não há familiaridade nenhuma. Famílias são conceitos amplos e definidos por algo maior do que a genética.

Essa compatibilidade, esse sentir-se em casa com pessoas ou em certos lugares, é tão reconfortante que chega a doer. Uma música, um sabor, um cheiro, uma imagem. Todos os sentidos atuam como cúmplices na construção dessa sensação, impalpável mas poderosa. Você olha em volta e, por algum motivo indefinido, se sente acolhido, como se aquela pessoa ou lugar fossem um abraço, um colo quente, uma viagem no tempo. Isso. Acho que tem a ver com memórias, com coisas já vividas, com marcas muitas vezes inconscientes, essa sensação de ter, enfim, chegado.

Essa conversa de família lembra ninho, ninho lembra passarinho. E combina com a experiência que acabamos de viver em família, habitantes de apartamento que somos, de ver um ninho de sabiá, dos ovos ao primeiro voo do filhote. Foi lindo. A natureza é sempre surpreendente.

10712530_10204289534935111_7456846022628072342_o

DSC_0204

E também lembra os passarinhos em bancos que acabaram de sair do forno. Um deles é declaradamente inspirado no blog que amo, o da Gennine e seus passarinhos maravilhosos.

DSC04665

DSC04663

DSC04652

DSC04651

Para mais bancos: Aberta a temporada de bancos

DSC_0181

Você também vai gostar de…

il_430xN.161127264_largNinhos

Captura de Tela 2012-01-10 às 13.09.06Ciranda da boa lembrança

DSC03660Desenhos em família

 

Read Full Post »

DSC_2089

Não tenho pintado muito, a Freguesia do Livro toma meu tempo, minha mente, meus braços.

Mas agora deu vontade. Quem quiser banco para uma criança que quer alcançar a pia ou sentar para ouvir uma história, ou uma banqueta para colocar num canto da casa ou sentar mais um convidado à mesa, ou para ficar encostadinho no bar degustando um aperitivo… é a hora!

Encomende (se for de Curitiba, não conseguimos despachar nossos lindos banquinhos. Ok, até conseguimos, mas ficaria bem caro, certo?) e já vá adiantando o seu Natal, pois nada melhor que presentear com artesanato.

Se você quiser ver tudo o que já falei sobre as banquetas feitas por aqui, entre nesse link: os bancos do ArteAmiga.

Se quiser escolher mais diretamente, aqui vão fotos. Abanque-se, escolha com calma e entre em contato por email (jmbibas@gmail.com) ou comentários aqui no blog. Ou no Facebook. Ou sinais de fumaça.

Os valores:

Bancos baixinhos (altura: 24cm), com recorte no centro: R$ 130,00

Bancos médios (altura 45cm) de assento redondo: R$ 150,00

Bancos altos (altura: 70cm) de assento redondo: R$ 160,00

  DSCN2623

Aqui

DSCN0717

Aqui

DSC02961

Aqui

DSC_2343

 Aqui

DSCN3597

Aqui

DSC01942

Aqui

DSC02391 DSCN2617

  Aqui

IMG_4288

IMG_4794

DSC03953

Aqui 

DSCN3737Aqui

DSCN2133

Aqui

DSC_0012

Aqui

DSC04659

2014-03-06 13.38.52

PicMonkey Collage

PicMonkey Collagef

DSC_1416 Aqui 

DSC04652

DSC04663

Aqui

DSC02044Aqui

DSCN2518Aqui

DSCN0481Aqui

DSC_1410Aqui

DSCN0476

Aqui

DSCN0467

Aqui

DSCN0463Aqui

IMG_4556

DSC_1409Aqui

DSC04102

DSC_2217

Aqui

DSC_2214

Aqui

DSC_2219

DSC_1267

DSC_0026

Escolha com calma e entre em contato. Seremos 4 artesãs a pintar: Jô, Christa, Mari e Raquel.

Você também pode gostar de….

DSC03370Presentes feitos por você

DSC04455Múltipla escolha

UntitledCia. do Palpite

Read Full Post »